fbpx

Amigos de pais de bebê com paralisia cerebral ajudam no revezamento de colo


PUBLICIDADE ANUNCIE

Os pais da pequena Olívia, de apenas 3 anos, diagnosticada com paralisia cerebral, o que a faz sofrer de irritabilidade e chorar praticamente o tempo todo, descobriram que a única forma capaz de tranquiliza-la é embalando a menina nos braços.

“Ela era muito brava e a gente ficava angustiado de ver nossa filha chorando. O tempo todo que ela estava acordada, 99% do tempo, era pulando com ela na casa, nesse balanço bem intenso”, disse a mãe, Marília Cireno, de 30 anos, que vive com o marido, Fernando Peres, 43, e a filha no Recife.

Os dois ficaram exaustos e resolveram pedir ajuda a voluntários, abrindo a sua casa para outras pessoas que pudessem dançar com Olívia.

“Venham dançar com Olívia! É massa. É grátis! Todos os horários livres!”, divulgaram os pais nas redes sociais.

Em menos de dois meses, a pequena já teve mais de 50 parceiros, incluindo desconhecidos – amigos de amigos dos pais de Olívia.

“Com as visitas, pelo menos a gente se senta ou faz alguma coisa da casa enquanto os amigos ficam se balançando com ela. Terminou que a gente fez vários amigos nessa história”, diz Marília.

PUBLICIDADE ANUNCIE

imagem imagem2 imagem3 imagem4 imagem5 imagem6 imagem7

via [Folha de S. Paulo] Fotos de Sérgio Figueirêdo

PUBLICIDADE ANUNCIE

PUBLICIDADE ANUNCIE

Comentários no Facebook

Acessar

Resetar senha

Voltar para
Acessar