Casal mineiro celebra 60 anos de casamento e conta o segredo pra gente

Amor de uma vida inteira.


casal-homem-mulher

Qual a receita para um casamento duradouro? Essa pergunta não tem uma, mas várias respostas, e varia de casal para casal. O seu José Arcanjo, 82 anos, e a dona Marina das Dores, 76 anos, têm a própria receita – e, talvez, ela sirva para você.

No dia 30 de abril, o casal celebrou o 60º aniversário de casamento. Eles se conheceram em Divinésia, interior de Minas Gerais. José tinha 22 anos e Marina, 16, quando eles engataram o namoro, que terminou em casamento.

homem-mulher-abraçados
Amor de uma vida inteira.

Naquele tempo, eles trabalhavam na lavoura. Logo depois, montaram uma vendinha, onde se vendia de tudo: de grãos, carnes, leite até utensílios. José e Marina tiveram dois filhos e duas filhas. A família cresceu e, em busca de uma vida melhor, com mais oportunidades de trabalho e estudo para os filhos, o casal decidiu arrumar as malas e partir para São Paulo.

Com muito trabalho e suor – São Paulo não é moleza para quem está acostumado com a vida no interior –, o casal criou os filhos da melhor maneira possível.

pais-filhos-netos-sentados-casa
O casal com as duas filhas e os primeiros netinhos.

“Mesmo com uma vida simples, ajudaram muitos parentes e amigos. É impressionante como nossa família foi abençoada com todo o amor propagado por eles!”, disse Leandro Oliveira Facella, um dos cinco netos do casal, em entrevista ao Razões para Acreditar.

José e Marina com os filhos – só faltou o mais velho.

Quantos amigos fizeram e quantas histórias eles têm para contar. São um exemplo de que com muito trabalho, amor e honestidade, tudo dá certo!”

crianças-reunidas-gramado
Fotos dos netos no estilo antes e depois. Leandro é o segundo da esquerda para a direita nas duas fotos.

Durante vários anos, trabalharam no comércio e, hoje, aproveitam sua aposentadoria em Itu (SP), a cidade onde tudo é grande – inclusive, o amor do casal. Como o vinho, melhora a cada dia!

E aí, curioso para saber o segredo do amor de José e Marina? O Leandro compartilhou com a gente:

Não exigir coisas materiais nem reclamar do que não tem um para o outro. Ah, o dinheiro que cada um ganha é dos dois: nada de separar os ganhos, junta tudo e gasta-se com o que precisa.

Os problemas da família (irmãos, filhos, primos) também são problemas deles. Eles sempre buscam ajudar, de coração, sem esperar receber nada em troca.

Por fim, não ser ciumento. Sim, esse conselho não poderia faltar na listinha de amor do casal. Assim, José e Maria acreditam que a relação fica mais leve e tranquila.

O que você acrescentaria nessa listinha? Compartilhe nos comentários 😉

Quem mandou essa história pra gente foi o Leandro Oliveira Facella, neto e admirador da história de amor desses dois:

casamento-mineiro

Fotos: Reprodução/Arquivo Pessoal José Arcanjo e Marina das Dores


Acessar

Resetar senha

Voltar para
Acessar