fbpx

Delegacia dá brinquedos para crianças vítimas de maus tratos durante ocorrência

Uma ação para ser copiada por outras delegacias!


delegacia brinquedos crianças vítimas
PUBLICIDADE ANUNCIE

Não restam dúvidas de que delegacia não é lugar de criança. Mas também sabemos que muitas crianças são levadas para delegacias porque sofreram maus tratos ou porque foram acompanhar os pais, pois não tinham com quem ficar durante a ocorrência.

Foi pensando nisso que o escrivão Matheus Soares, da Delegacia de Polícia Civil de São Sebastião do Paraíso, no interior de Minas Gerais, teve a ideia de arrecadar brinquedos para crianças que chegam à delegacia. São bonecas, bichinhos de pelúcia, carrinhos, aviões, bonecos, entre outros brinquedos que toda criança adora.

Leia também: Delegado transforma vida de ex-usuária de crack que havia prendido em SP

A campanha ‘Nossos alvos são… BRINQUEDOS’ começou em um dia simbólico: 12 de outubro, Dia das Crianças. “Conseguimos arrecadar uma quantidade razoável de brinquedos e alguns até já foram doados. A ideia tem dado muito certo”, disse Matheus ao Razões para Acreditar.

“Acontece muito de aparecer filha acompanhando mãe vítima de violência doméstica. Quando tem conflito familiar, também. Delegacia é um ambiente pesado [para crianças]. Às vezes, a criança aparece aqui porque a mãe foi vítima, o pai autor ou ela foi vítima”, explica.

Matheus lembra com carinho de uma mãe que apareceu na delegacia com dois filhos. Cada filho ganhou um brinquedo, mas a mãe disse que tinha mais um filho em casa. Então, para não ter ciúmes, o escrivão permitiu que ela levasse um terceiro brinquedo.

PUBLICIDADE ANUNCIE

A ação está apenas começando e será permanente, conforme as doações forem chegando. A longo prazo, o que Matheus considera como o ideal, é montar uma pequena brinquedoteca na delegacia, para que as crianças possam brincar no local. Para isso, serão necessários mais brinquedos, e é muito fácil doar. Até mesmo a pequena Alice, da foto abaixo, deu sua contribuição.

Os brinquedos podem ser entregues direto na Delegacia de Polícia Civil de São Sebastião do Paraíso, para Matheus ou o investigador Felipe, em dois horários: das 9h às 12h ou das 14h30 às 18h.

Ah, leia a matéria que fizemos sobre a relação de Matheus com sua mãe, dona Zilda, clicando aqui.

[Nota da Redação]

Agora temos um canal no YouTube! Assista ao primeiro vídeo falando sobre uma inciativa que une Brechó com adoção de animais, e se inscreva no canal aqui.

  • Siga o Razões no Instagram aqui.
  • Inscreva-se em nosso canal no Youtube aqui.
  • Curta o Razões no Facebook aqui.

delegacia brinquedos crianças vítimas

crédito das fotos: Matheus Soares/Arquivo pessoal

PUBLICIDADE ANUNCIE

PUBLICIDADE ANUNCIE

Acessar

Resetar senha

Voltar para
Acessar