fbpx

Mãe recebe diploma depois de ajudar o filho tetraplégico a se graduar

A ideia partiu do próprio filho, em reconhecimento ao apoio que recebeu nas aulas.


diploma-tetraplégico

A americana Judy O’Connor acompanhou todas as aulas do MBA do filho, Marty O’Connor, tetraplégico. Sua dedicação foi reconhecida com um diploma honorário da Universidade de Chapman, em Orange, Califórnia (EUA).

O ex-atleta de vôlei e de snowboard caiu de um lance de escadas em 2012 e ficou paralisado do pescoço para baixo – dois anos depois de se graduar pela Universidade do Colorado.

Marty precisou fazer fisioterapia cinco dias por semana para melhorar as lesões do acidente. Durante o tratamento, para manter a mente ativa, ele decidiu fazer um curso de pós-graduação.

diploma-tetraplégico

Judy trabalhava como professora no Estado da Flórida quando soube do acidente que deixou seu filho tetraplégico. Ela não pensou duas vezes em cruzar o país para ajudar Marty no que ele precisasse.

“Os últimos dois anos foram um redemoinho. Tem sido extremamente desafiador, mas ainda mais gratificante”, disse Marty, em entrevista ao blog da universidade.

diploma-tetraplégico

Certamente, Marty não conseguiria frequentar as aulas sem a ajuda da mãe, já que ele não podia usar as mãos para fazer as anotações. “Eu sou uma nerd: eu adoro a escola. Eu não vou mentir. Eu aproveitei todos os minutos”, afirmou Judy.

Marty achava justo a mãe receber um diploma, como uma forma de agradecer o apoio que recebeu dela. “É impossível não notar esse tipo de esforço e dedicação”, disse ele ao HUFFPOST.

Judy afirmou que não esperava tamanha homenagem.  “Como uma mãe, você só quer ajudar seus filhos a superar as coisas. Eu sempre acreditei nele e eu sabia que ele poderia fazer isso”, disse.

diploma-tetraplégico

E a mãe de Marty tem um conselho valioso para quem está passando por uma situação parecida com a do filho: “Suas circunstâncias não são a sua sentença”.

Fotos: CHAPMAN UNIVERSITY


Acessar

Resetar senha

Voltar para
Acessar