Heley Abreu, a heroína da tragédia de Janaúba, será sempre lembrada

Descanse, Heley.


1380 shares Compartilhar Tweet WhatsApp

Heley Abreu foi e continuará sendo uma das pessoas mais queridas na cidade de Janaúba, no norte de Minas Gerais. Ela abriu mão da própria vida para salvar seus alunos do ataque do vigia Damião Soares do Santos.

Na quinta-feira (5), o vigia ateou fogo nas crianças que estavam no prédio, provocando uma tragédia que não iremos esquecer tão cedo. Já chega a 10 o número de mortes confirmadas: a da professora, de oito crianças e a do próprio vigia, que jogou fogo nele mesmo. Cerca de 40 pessoas ficaram gravemente feridas.

Reprodução/Facebook

Heley, de 43 anos, teve 90% do seu corpo queimado ao tentar salvar as crianças do incêndio provocado por Damião. Alguns relatos dizem que Heley teria lutado com o vigia, para diminuir a tragédia. Infelizmente, ela e as crianças não resistiram.

“Minha menina salvou tanto anjo, não é possível que os anjos não vêm salvar ela”, disse a mão de Heley, Valda Terezinha de Abreu, ao jornal O Tempo, antes da confirmação da morte da sua filha.

Alex de Jesus/Getty Images

A maior parte das queimaduras do corpo de Heley aconteceram enquanto a docente tentava retirar as crianças pela janela da creche, já que o vigilante havia fechado a porta, para impedir que os pequenos saíssem do local. Mesmo com o corpo todo queimado, ela juntou forças para carregar as crianças para o lado de fora.

Doações de sangue!

Como muitas crianças perderam bastante sangue, a Prefeitura de Janaúba pediu no Facebook doações de sangue para as vítimas, que podem ser realizadas no Hemocentro de Montes Claros. A prioridade é receber sangue do tipo O, por ser o doador universal.

Felizmente, as doações não param de chegar. O número de doadores, que em média é de 50, saltou para 200. “Pena que este aumento foi motivado por uma tragédia, mas é muito bom ver esta mobilização das pessoas em ajudar o próximo”, disse Rosana Silva, responsável pelo setor de captação de doadores do Hemocentro, ao G1.

As doações de sangue devem ser agendadas pelo site da instituição, aplicativo MG App ou então através do telefone 155 (opção 8). O Corpo de Bombeiros de Montes Claros é outra instituição que recebe doações de sangue. Ele fica na rua Pires de Albiquerque, no centro da cidade.


Comentários no Facebook

Acessar

Resetar senha

Voltar para
Acessar
Escolher um formato
História
Lista