Mesmo sem saber ler, esta mãe foi visitar filho em Portugal e recebeu lindo presente

Agueeentaaaa coração!!!


mãe visita filho Portugal
3660 shares Compartilhar Tweet WhatsApp

A reação dessa mãe a um presente especial do filho é a coisa mais emocionante que você vai ver hoje. Mas, vamos contar a história do começo, para preparar o coração. A dona Ana Maria tem 58 anos, é casada e mãe de três filhos.

Seu filho mais novo, Rodrigo, está no quarto ano do doutorado, em Portugal. Ele é o único da família que ingressou no ensino superior. A família vivia na cidade de Macaparana, interior de Pernambuco. Eles se mudaram para o Rio de Janeiro em busca de uma vida melhor quando Rodrigo tinha 16 anos.

Hoje, eles moram em Seropédica, na Baixada Fluminense. Rodrigo fez a graduação e o mestrado na Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro. Em 2013, ele conseguiu uma bolsa de doutorado na Universidade de Évora, em Portugal.

A dona Ana não sabe ler e escreve apenas o nome dela. O pai de Rodrigo estudou até a quarta série. Rodrigo lembra que a mãe nem sabia o que era faculdade, mas incentivou seus estudos. “E dizia sempre: ‘Meu sonho é que meu filho entre na faculdade’”, disse Rodrigo, em entrevista para Razões para Acreditar.

Em sua despedida para cursar o doutorado, dona Ana ficou em silêncio, pensativa. “Quando eu saí de casa, ela me abençoou e sentou num sofá na sala. Lá ela ficou chorando de forma tão dolorida que eu ainda cogitei a hipótese de não ir”, lembra Rodrigo.

No ano passado, Rodrigo comprou uma passagem para a mãe passar alguns dias com ele em Portugal. Quando foi tirar seu passaporte, a Polícia Federal disse que existiam duas pessoas com o nome e a data de nascimento iguais ao dela, e que uma dessas pessoas estava com problemas no passaporte. Dona Ana ficou desesperada, pois disseram que a imigração poderia chamá-la em uma sala e pedir explicações. A família foi contra sua viagem, mas Dona Ana não desistiu!

Como não sabe ler, na fila de embarque, um irmão de Rodrigo perguntou para a atendente se alguém poderia levar dona Ana até o avião, mas a funcionária disse que a empresa não oferecia esse serviço. Um grupo de mulheres ouviu a conversa e se dispôs a acompanhar dona Ana.

Leia também: Como forma de gratidão, filho realiza sonho de infância da mãe de ter uma boneca Emília

“O problema foi em Lisboa porque ela se perdeu das mulheres. Na verdade, elas estavam fazendo escala em Lisboa para ir pra Madri e já não podiam ir com a minha mãe, mas minha mãe demorou pra saber disso e ficou com elas por mais de uma hora, até se despedir e pedir ajuda para outra pessoa que passasse na frente.”

Já em solo português, não houve problemas, porque Rodrigo entregou para a imigração uma carta dizendo onde estudava e outras informações, como o número do seu passaporte e o comprovante de residência. Dona Ana demorou umas duras horas para sair do aeroporto. “Nos abraçamos e choramos muito. Era incrível saber que ela estava aqui do meu lado”, lembra ele.

Dona Ana ficou duas semanas em Portugal e visitou três cidades, além de Évora, onde Rodrigo mora, ela conheceu Lisboa e Porto. O passeio que dona Ana mais gostou foi no zoológico, em Lisboa, onde ela viu um espetáculo de golfinhos três vezes. Parecia uma criança, conta Rodrigo. Tudo foi registrado em fotos, para que a mãe pudesse mostrar aos familiares e amigos.

Mas, em tempos smartphones e câmeras digitais, quase ninguém revela as fotos que tira – publica direto nas redes sociais. “Com a internet ela não podia ver todas as fotos que tiramos. Ela queria mostrar pra todas as amigas as coisas bonitas que viu, mas não podia por que não sabe mexer no computador. Sempre dependia dos meus irmãos, meu pai ou minhas cunhadas para ver qualquer coisa sobre mim.”

Então, Rodrigo teve a brilhante ideia de fazer um álbum com as fotografias e enviá-lo para Dona Ana na melhor data possível: no Dia das Mães! Não existem palavras para descrever a reação da Dona Ana ao abrir o presente. É melhor ver com seus próprios olhos e sentir a emoção dela:

Mais fotos da dona Ana plena em Portugal:

Fotos gentilmente cedidas pelo Rodrigo.


Comentários no Facebook

Acessar

Resetar senha

Voltar para
Acessar
Escolher um formato
História
Lista