Noiva pede para seu tio de 92 anos ser o “algo azul” de seu casamento

Há uma antiga tradição que teve origem na Inglaterra, que diz que toda noiva deve se casar com algo novo, algo velho, algo emprestado e algo azul.


algo azul something blue
4.2k shares Compartilhar Tweet WhatsApp

Alison Ferrell teve um “algo azul” muito especial no seu casamento: seu próprio tio de 92 anos!

Para quem não sabe, há uma antiga tradição que teve origem na Inglaterra, na época Vitoriana, que diz que toda noiva deve se casar com algo novo, algo velho, algo emprestado e algo azul (“something new, somethinh old, something borrowed, something blue”), o site Casa, Comida e Roupa Espalhada explica de forma mais detalhada o motivo de cada um desses itens, veja aqui.

Bill Lee Eblen, tio da Alison, entrou na Igreja em uma cadeira de rodas, sendo empurrado pelo noivo, Matthew, carregando uma placa que dizia: “Eu sou o algo azul dela”.

Ele lutou na Segunda Guerra Mundial e na Guerra da Coréia, e entrou usando o uniforme do Corpo de Fuzileiros Navais, com uma calça azul. Bill tinha sofrido um ataque de pneumonia meses antes do casamento, mas conseguiu se manter firme mediante a promessa que fez para a sobrinha e brilhou em seu casamento.

Alison disse que sempre fez parte dos costumes da família ensinar o respeito pelas pessoas que lutaram pela liberdade do país. E foi daí que ela teve a ideia de chamar seu tio.

“Desde o momento em que fiquei noiva, eu sabia que queria incluir meu tio Bill de maneira especial”, contou.

Relacionado: Noiva fã de Harry Potter ganha casamento temático que é pura magia

Veja a publicação original aqui.

Crédito de Capa: Imageclairity  – Love What Matters


Comentários no Facebook

Acessar

Resetar senha

Voltar para
Acessar
Escolher um formato
História
Lista