O Amor está nos Detalhes: Aprenda a Transformar Sua Vida com o Amor


743 shares Compartilhar Tweet WhatsApp

Hoje, pela manhã, percebi o quanto estamos suscetíveis a não nos conectar com o Amor. Deixamos a vida correr, os momentos passarem, as nossas vontades irem e virem, e sempre estamos preenchendo nosso tempo com outras atividades, que não são aquelas que realmente amamos. Por quê? Qual o sentido de nos conectarmos com “aquilo” que não faz sentido? Aquilo que nos seduz, dizendo que seremos melhores, mais ricos, mais abundantes, mais e mais tudo, mas continuamos nos sentindo vazios por dentro?

“Aquilo que nos seduz” é o foco no externo, o foco em algo que não temos controle, que está fora de nós, que os olhos veem e se encantam achando que será a melhor coisa que faremos na vida. Entretanto, isso é o contrário do Amor. Quando levamos uma vida automática e focando no externo, deixamos de perceber as sutilezas que o amor traz e que nos completam quando às observamos e sentimos.

Você deve ter tido pelo menos um momento na vida em que uma coisa boba, simples e pequena, te fez sorrir, te deu uma sensação muito boa ou te fez amar mais alguém. Porque, na verdade, o amor não está na ação, mas na intenção por trás da ação.

A intenção deste artigo é mostrar que podemos preencher nossas vidas com mais amor, mesmo tendo qualquer tipo de ambiente ao seu redor ou trabalho sendo realizado, fazendo uma simples ação todos os dias: reparar mais nos detalhes!

Como encontrar o Amor nos Detalhes

Em primeiro lugar, um bom exercício é deixarmos de nos importar e focar em tantas coisas banais. Somos viciados em novidades bestas externas a nós, que nos fazem ficar imersos sempre nas mesmas atividades. Portanto, se você é uma pessoa que foca muito em só mexer no seu celular, em ficar atualizando a timeline do Facebook ou vendo as últimas fotos postadas do Instagram por horas e horas em seu dia, você pode começar diminuindo essas atividades. Querendo ou não, elas tomam um tempo enorme nosso, e fazem com que sempre estejamos focados naquilo que vemos, e não no que somos ou o que realmente queremos como objetivos e sonhos.

Um outro vício que nos acompanha é o vício de reclamar. Reclamar do calor, do frio, da chuva, das pessoas, dos objetos, do governo, de tudo que está fora. E adivinhe? Isso também faz-nos focar mais e mais fora de nós, e pior: focar em coisas “negativas” fora de nós!

O amor está no que “não vemos”, e para detectar isso, temos que diminuir um pouco o foco naquilo que vemos com os olhos. Portanto, depois de diminuir as práticas diárias de focar no externo, podemos fazer algumas outras práticas para o amor aflorar em nós e nos detalhes.

screen-shot-2016-11-17-at-12-49-06

A prática da Gratidão

A gratidão é a mais simples e profunda prática que conheço para nos conectar rapidamente ao amor. E você já parou para perceber em sua vida o quão grato deveríamos ser? Ao acordar de manhã, podemos fazer uma simples prática, quando abrimos os olhos, de agradecer tudo o que nos vier em mente, ao invés de reclamar ou ignorar essas coisas. Pense que você pode agradecer sua vida, pois você é uma pessoa que tem a oportunidade de estar viva. Você pode agradecer por ter uma cama para deitar e dormir, ou um café da manhã para tomar, ou então agradecer por ter um emprego. Afinal, quantas pessoas não têm isso? E agradeça também às pessoas ao seu redor. Por mais que algumas delas você pode não gostar, é possível agradecermos sempre alguma coisa, até mesmo se for agradecer ao fato daquela pessoa te ensinar uma maneira de não ser e de não agir na vida.

Agradeça a vida! Pois ela é um dom apenas por existir.

Repetir essa prática anoite é uma ótima alternativa também, e lembrar tudo o que você pode agradecer de seu dia, mesmo que seja os aprendizados que você teve.

A prática da Observação

Ao começar a agradecer diversas coisas, naturalmente seu foco e sua atenção serão puxadas para observar um pouco mais os detalhes em sua vida. E a observação é outra aliada poderosa do Amor.

Observar significa dar atenção a alguma coisa, seja ela “pequena” ou “grande”. Afinal, pequeno e grande são pontos de vista! Veja como, para uma criança que não conhece nada do mundo ainda, um simples acontecimento pode ser surpreendente e encher seus olhos de alegria e amor.

Comece a observar, o máximo que puder nesse momento, tudo o que acontece ao seu redor. E isso pode ser feito de maneira divertida. Você pode, por exemplo, observar uma coisa por dia no caminho para seu trabalho ou para alguma atividade que você tem. Em um dia, observe as árvores que encontra no caminho, e contemple suas belezas e suas vidas como árvores. Em outro dia, observe as pessoas ao seu redor, e foque principalmente naquelas que parecem mais felizes, mas sem julgamento, pois observar não é julgar se a pessoa é algo ou não é algo. E você pode ir observando e observando sempre aquilo que você gosta de olhar, o que te mais agrada, para que seu dia comece ou se mantenha mais positivo.

A prática da Entrega

Por fim, uma prática muito boa e não menos importante é a prática da entrega. Queremos muito ter o controle de tudo o que acontece ao nosso redor e querer mandar na nossa vida e na vida de outras pessoas, mais do que às vezes somos capazes ou aguentamos. E isso nos sobrecarrega de frustrações e desejos infinitos.

Quando percebemos que não estamos sozinhos e que podemos contar com a ajuda do Universo, podemos entregar um pouco mais as coisas à ele. E o que significa “entregar algo ao Universo”? É quando você foca mais na intenção de algo acontecer na sua vida e na intenção de fazer algo dar certo, mas não espera o retorno exato daquilo que você acha que é a melhor coisa para você. Afinal, quando planejamos algo para nossas vidas, planejamos isso em nossa mente, ignorando que muitas variáveis vão acontecer para que isso mude ou seja diferente na prática. Quando entregamos os resultados de nossas vidas ao Universo, podemos focar no que é mais importante: o que estamos realizando aqui e agora para chegar a algum lugar. O foco no futuro só nos traz ansiedade e nervosismo. Então foquemos no que é importante para ser realizado aqui e agora, e o que somos capazes de fazer, e deixe o resultado aflorar naturalmente com o Universo.

É possível encontrar o Amor em qualquer hora do dia e qualquer momento da sua vida, pois ele está aqui e agora. Não deixe sua vida passar e as coisas acontecerem automaticamente uma atrás da outra sem você reparar e desfrutar da beleza dela. A vida é para ser vivida, aqui e agora.

Caso você queira saber mais e entender mais sobre a vida e melhorar mais pontos pequenos que dificultam a sua capacidade de aproveitá-la, convido você a ler mais artigos no Quero Evoluir, clicando aqui. Temos artigos de diversos tipos de evolução, e creio que serão muito úteis se você é um buscador de Consciência.

Espero que a sua vida seja sempre repleta de Amor. Boas práticas _/\_


Comentários no Facebook

Acessar

Resetar senha

Voltar para
Acessar
Escolher um formato
História
Lista