Quase 200 pessoas vão a abrigos confortar cães durante fogos de artifício

Quase 200 pessoas confortaram cães de dois abrigos durante fogos de artifício no Dia da Independência dos Estados Unidos.


pessoas canil confortam cães durante fogos de artifício

Milhões de americanos comemoraram a independência dos Estados Unidos no dia 4 de julho. Como já era esperado, não faltaram fogos de artifício na celebração da data. Mas, nem todo mundo foi para as ruas festejar.

Um grupo de pessoas do condado de Maricopa, no Arizona, preferiu confortar cães de dois abrigos durante a queima de fogos.  Você deve saber que os fogos de artifício deixam os bichinhos super estressados e inquietos.

Pensando nisso, o oficial de informação pública, José Santiago, solicitou a ajuda de voluntários para tranquilizar e entreter os animais naquela noite barulhenta.

pessoas canil confortam cães durante fogos artifício

“Os abrigos podem ser um lugar muito estressante para os animais”, disse Santiago ao The Dodo. “Quando você adiciona os barulhos fortes de uma explosão de fogos de artifício, isso os deixa ainda mais ansiosos. Perguntamos a nós mesmos: ‘O que podemos fazer para tornar esta noite a mais tranquila possível para eles?’”.

Quase 200 pessoas compareceram aos abrigos administrados pelo Departamento de Cuidado e Controle de Animais do Condado de Maricopa. Elas levaram suas próprias cadeiras e cobertores enquanto liam ou tocavam música para os cachorros. Mas, a maioria ofereceu apenas sua companhia aos bichinhos por algumas horas.

pessoas canil confortam cães durante fogos artifício
Algumas crianças leram seus livros favoritos para os cães 💟

“Podíamos ver que, conforme as pessoas conversavam com os cachorros e acariciavam seus pelos, os olhos deles ficavam cada vez mais pesados. Muitos se deitaram rente à grade de seu canil e adormeceram. Isso diz muito sobre a importância do toque humano para esses animais”, afirmou Santiago.

pessoas canil confortam cães durante fogos artifício
Os adultos tocaram músicas 🎵

Em dias normais, o abrigo permite aos voluntários andar e brincar com os cachorros, mas a administração achou que os canis dariam mais segurança para os cães durante a queima de fogos de artifício.

Alguns voluntários borrifaram óleo de lavanda nos corredores para acalmar e tranquilizar os bichinhos, e tocaram músicas clássicas através de alto-falantes. “Tudo isso, com a ajuda dos voluntários, fez muita diferença.”

pessoas canil confortam cães durante fogos artifício
A carinha de quem não está nem aí para os fogos barulhentos!

Mais do que confortar os animais, Santiago espera que as próximas edições do evento ‘Calming Canines’ ajudem os animais a encontrar uma nova família. O evento também será realizado na noite do Réveillon este ano.

pessoas canil confortam cães durante fogos artifício

Santiago também reforçou a importância do microchip para os tutores de cães, em caso do animal fugir devido ao medo dos fogos de artifício. Os abrigos receberam diversas ligações de pessoas desesperadas tentando localizar seus bichinhos na noite do dia 4 de julho.

“Somos muito gratos à comunidade por toda a ajuda”, disse Santiago. “Eles provaram que, quando realmente precisamos, não hesitaram em ajudar. Estamos esperançosos de que todos aqueles que compareceram serão incentivados a se voluntariar ao longo do ano, e também foram inspirados a adotar.”

crédito das fotos: divulgação


Acessar

Resetar senha

Voltar para
Acessar