Sem ajuda do governo ela salva cães abandonados e feridos nas ruas do Teerã


Existem as pessoas que amam os animais e existem aquelas pessoas que dedicam suas vidas à causa animal, como é o caso da iraniana Maryam Sanei, que vive em Teerã, no Irã. Ela estudou Aviação Civil e tinha o sonho de ser comissária de bordo para poder viajar o mundo, mas o amor pelos cães falou mais alto e até agora ela já salvou mais de 200 cachorros, que seriam mortos de forma brutal.

Tudo o que Maryam faz pelos cães abandonados é essencial para a vida deles, já que no Irã existe um programa do governo para controlar a população de cães nas ruas, do qual paga-se cerca de 10 dólares para cada cão morto. Sem apoio algum do governo e usando seu próprio dinheiro para manter o centro em funcionamento, Maryam não pensa em desistir.

Os cães ficam em sua própria casa e através das redes sociais, ela tem divulgado o caso de cada cão, dessa maneira encontrando pessoas dispostas a adotarem ou que estão dispostas a financiarem tratamentos médicos para os cães que precisam de cuidados urgentes: “Nós continuamos a nossa missão através da utilização lares temporários e clínicas, salvamos cerca de 200 animais, que em sua maioria foram aceitos e agora vivem feliz em seus lares definitivos”.

Este trabalho maravilhoso de Sanei está ficando tão popular no Teerã, que recentemente foi criado um centro de reabilitação de cães, localizado em Chahardangeh City, com capacidade para até 50 cães: “Nosso centro tem a capacidade de 50 cães. Quando um cão se recupera e é adotado, há espaço para um outro cão muito necessitado se juntar à nossa humilde família. Os anjos que residem no centro são ou animais de rua feridos, deixados para morrer ou de animais que tinham proprietários ignorantes e precisavam ser salvos para pudesse ser oferecido a eles a vida que eles merecem”.

Que pessoa maravilhosa!

Com informações de Belo Br

fotos: Maryam Sanei


Acessar

Resetar senha

Voltar para
Acessar