Projeto treina e encaminha gratuitamente cães de assistência à pessoas com deficiência


cães de assistência
374 shares Compartilhar Tweet WhatsApp

Ter um animal de estimação traz muitos benefícios para a saúde, como o alívio do estresse e a melhoria de humor. Indo além, eles também podem ser anjos da guarda. O Cão Inclusão é um projeto que treina e encaminha gratuitamente cães de assistência para pessoas com deficiência terem mais praticidade e uma bela companhia em seu dia a dia.


Entenda mais sobre esse projeto! Clique no play acima!

Apesar de exibirem todo o seu charme por aí, esses cachorros não estão para brincadeira, não. São adestrados como cães de serviço para auxiliar pessoas com deficiência de mobilidade; como cães-ouvintes, para auxiliar quem tem deficiência auditiva; e como cães-guia, para auxiliar pessoas com deficiência visual. Atualmente, há nove cachorros em treinamento pela Cão Inclusão para tais finalidades.

A iniciativa agora tem trabalhado nos treinamentos de cães de serviço para cadeirantes, que é bastante propagada e prescrita por médicos no Estados Unidos e Europa, mas ainda engatinha aqui no Brasil. O tempo de treino é de aproximadamente dois anos e dividido por etapas. Desde que o filhote está na barriga da mãe, são várias etapas até que o animal esteja apto a se adaptar e seguir a rotina da pessoa com deficiência.

Quem recebe o cachorro de serviço também passa por aprendizados ao conviver com o novo parceiro de vida. E o melhor: este cão será entregue sem custo algum, com direito a acompanhamento vitalício pelo período que vai de seis a oito anos, até que o mesmo se aposente de forma saudável. A equipe da ONG é responsável por todos os trâmites.

Os animais de assistência são dóceis, sociáveis, tranquilos e focados. Respondem comandos e ajudam em funções cotidianas como abrir e fechar portas, pegar objetos do chão, acionar campainhas e acender luzes. Autonomia, liberdade e companheirismo são alguns dos benefícios que essas fofuras levam às pessoas com deficiência.

Como ajudar e ser ajudado

Para que o programa tenha um alcance ainda maior, as empresas podem patrocinar o treinamento dos cães, entrando em contato através do site. Assim ajudam indiretamente as pessoas que precisam e também divulgam suas marcas. Há ainda campanhas de financiamento coletivo das quais todos podem colaborar e doação direta através do paypal. Toda a verba é destinada ao projeto sem fins lucrativos.

As pessoas também podem se voluntariar como Famílias Socializadoras, que passarão por uma seleção criteriosa para receber o animal, cuidar, educar, treinar e fazer a socialização durante o primeiro ano de vida do cachorro. O processo é supervisionado pela equipe.

Quem estiver precisando de um cão inclusão precisa preencher um formulário no site e consultar se há disponibilidade.

Fotos: divulgação

[Nota da Redação]

Acreditamos que a tecnologia pode proporcionar momentos inesquecíveis, como a realização de assistir uma apresentação de balé ou viajar para a Espanha, tudo isso é possível através da realidade virtual. Assista a experiência que levamos a uma casa de repouso de São Paulo:


Comentários no Facebook

Acessar

Resetar senha

Voltar para
Acessar
Escolher um formato
História
Lista