Tinder para animais conecta pets abandonados com pessoas interessadas em adotar


67186 shares Compartilhar Tweet WhatsApp

Se hoje é possível encontrar um amor através de aplicativos como o Tinder, por que não encontrar nosso futuro pet? Foi a partir deste questionamento que a psicóloga Andréia Freitas, de São Paulo, teve a ideia de criar o Tinder Pet, através do qual é possível pessoas interessadas em adotar um animal, encontrarem sua companhia perfeita.

A psicóloga conta que a ideia surgiu quando ela conheceu o Tinder, em 2016, mas que demorou para colocá-la em pratica, pois precisava estruturar o funcionamento: “Eu tive a ideia de criar um ‘Tinder’ de animais assim que conheci o Tinder, em 2016, porém, demorei muito tempo para estruturar como ele funcionaria porque não basta somente achar bichos fofinhos e pessoas interessadas. Eu criei todo o suporte para que ONGs promovessem o encontro dos animais com pessoas bacanas dentro daquilo que acreditamos ser uma posse responsável”.

Mas apesar da ideia do aplicativo ter surgido em 2016, Andréia está envolvida nas causas animais há pelo menos 20 anos, período em que foi protetora independente no resgate, reabilitação, castração, vacinação e doação de animais. Para o aplicativo ela juntou 15 mil reais através de um financiamento coletivo, mas também teve que investir dinheiro do próprio bolso, já que esse valor não foi suficiente para todas as coisas que ela precisava, como design da marca, registros, patentes, consultoria jurídica e divulgação. Se você quiser conhecer mais sobre seu trabalho, ela tem uma página no Facebook, chamada Cachorro de Peruca.

A partir do dia 20 deste mês o app entra em fase de testes e ele funcionará por meio de geolocalização, aproximando possíveis interessados em adotar de seus futuros pets. O nome ainda não foi divulgado, mas a plataforma vai reunir pets castrados, vacinados e saudáveis que estão sob os cuidados ou de protetores independentes ou de ONGs.

O funcionamento é muito parecido com o Tinder e o usuário poderá dar like ou não no seu pretendente para adoção. Uma outra coisa incrível é que o aplicativo dará destaque aos animais que possuem algum problema de saúde e precisam de cuidados extras, assim como para os idosos, aumentando as chances de adoção destes animais, que geralmente são esquecidos. Não é maravilhoso?

Com informações de Revista Galileu

Foto: Revista Galileu


Acessar

Resetar senha

Voltar para
Acessar