Marcas & Causas: fazer o bem faz bem pra quem?


21 shares Compartilhar Tweet WhatsApp

Com o planeta dando sinais claros de que algo precisa mudar, até pouco tempo atrás, sustentabilidade era a palavra da vez. Na mídia ou nas conversas aqui e ali, na boca do povo.  Não demorou muito para que o marketing começasse a fazer uso do termo e marcas começassem a se associar ao que se chamaram ações sustentáveis e promover sua imagem como “verdes” e responsáveis.


Ouça essa história e entenda mais sobre o La Gracia! Clique no play acima!

Hoje, vivemos um momento parecido, mas no lugar da sustentabilidade, diversidade e inclusão. Assim como antes, as marcas enxergam mais uma oportunidade de se mostrar preocupadas e antenadas com as necessidades da sociedade. Esses temas, então, passaram a figurar em ações e na comunicação de diversas empresas. Quem nunca havia se sentido representado, agora consegue “se ver” nos comerciais de TV e nos mobiliários urbanos.

É inegável que, ao se associar a determinadas causas, as marcas geram conteúdo e ganham um tipo de visibilidade que a comunicação tradicional provavelmente não possibilitaria. E é inegável também que, para uma empresa levantar essa ou aquela bandeira, muitas vezes, é preciso coragem. Mas, o que está por trás da decisão de fazê-lo? Será que tais empresas estão sendo sinceras e transparentes? As mudanças em sua postura são verdadeiras ou, como dizem por aí, “isso é puro marketing”?

No próximo encontro do R:evolucione, nós da La Gracia convidamos quem já vem há algum tempo ajudando empresas a gerar conteúdos e deixar sua marca de maneira positiva e verdadeira. Pois é, chegou a vez deles, nossos parceiros do Razões para Acreditar, Vicente Carvalho e Marcelo Martins. Venha, participe desse bate papo e, juntos, vamos refletir sobre como fazer o bem pode ser sim um bom negócio, em todos os sentidos e para todos!

Foto: Divulgação


Comentários no Facebook

Acessar

Resetar senha

Voltar para
Acessar
Escolher um formato
História
Lista