O que acontece quando filhas leem uma carta nunca escrita para suas mães

Já parou pra pensar sobre a última vez que você disse que amava alguém? E não estou falando aqui de namorado(a), me refiro à seus amigos, parentes, e mais especificamente as mães.


carta
36 shares Compartilhar Tweet WhatsApp

Já parou pra pensar sobre a última vez que você disse que amava alguém? Mandou uma carta? E não estou falando aqui de namorado(a), me refiro à seus amigos, parentes, e mais especificamente as mães.

Tudo isso para falarmos de um sentimento que tenho certeza que pode mudar o mundo: a gratidão. Você não imagina o quão poderoso é você expressar gratidão às pessoas que estão na sua vida.

Mas, nem sempre somos capazes de expressá-lo de forma clara, talvez por vergonha de mostrar os sentimentos, talvez por acharmos que isso nos deixa mais vulneráveis ou simplesmente pela loucura do cotidiano que nos faz “esquecer” de falar essas coisas.

Por isso, nós do Razões, junto com a marca de cosméticos Jequiti, em ocasião do Dia das Mães, resolvemos dar a oportunidade para que algumas de suas revendedoras e gerentes escrevessem uma carta para suas mães, dizendo coisas e falando de emoções e sentimentos que nunca haviam sido expressados. Ou seja, gratidão pura e simples.

Mas, escrever uma carta sabendo que ninguém vai ler é uma tarefa relativamente fácil. Acontece que, depois que elas terminaram de escrever, foi pedido que ligassem para suas mães e lessem toda a carta que haviam escrito. Imagina a emoção! Assistam (e prepara o lenço):

carta

carta2

carta3

carta4

carta5

E então, você já ligou para a sua mãe? Faz isso e nos conta aqui 😉


Comentários no Facebook

Acessar

Resetar senha

Voltar para
Acessar
Escolher um formato
História
Lista