Sem vendedor para mediar, biscoitos são comercializados (e pagos honestamente) em cidade mineira

Iniciativa da Casa do Caminho tem 7 gôndolas no sistema 'peg pag'. Em apenas um mês, cerca de R$ 4 mil foram arrecadados na cidade.


2228 shares Compartilhar Tweet WhatsApp

Há muitos ‘haters’ que não acreditam que o sistema “pegue e pague” nunca funcionaria no Brasil, que a população não é educada e o país não tem condições de evoluir nesse sentido. Felizmente não se trata de uma verdade absoluta e a cidade de Poços de Caldas, em Minas Gerais, tem comprovado isso.

A campanha “Peg-pag Solidário” está sendo feita pela instituição Casa do Caminho, onde sete displays com diversos tipos de biscoitos foram distribuídos pela cidade no intuito de arrecadar fundos para a entidade, que oferece creche e projetos de educação e cultura para cerca de 250 crianças e adolescentes fora do período escolar. Os biscoitos são disponibilizados em pacotes de R$ 2,00, sem vendedor, fiscal ou qualquer supervisão, apenas na base da confiança mesmo, quem pega, contribui.

“O projeto visa, primeiramente, angariar recursos, mas também oportunizar as pessoas a colaborarem de uma forma simples e fácil” Claudiney Marques – administrador da Casa do Caminho

Parece que o tão temido “jeitinho brasileiro” desapareceu quando deparado com uma chance de ajudar o próximo, a campanha, que já arrecadou R$ 4 mil em apenas um mês e está sendo considerada um sucesso, mostra que talvez seja isso que falte ao brasileiro, não ser cercado de cada vez mais e mais regras e proibições, gerando assim tanta desconfiança, mas sim mais chances de fazermos o certo, sermos gentis e de aflorar o lado bom que existe em nós.

ScreenShot050 ScreenShot052 ScreenShot064ScreenShot057 ScreenShot058

Neste link, tem um vídeo mostrando um pouco mais sobre a ação.

 


Acessar

Resetar senha

Voltar para
Acessar