fbpx

Cidade americana paga R$ 45 para moradores de rua recolherem lixo

O programa será capaz de criar um ambiente de suporte que possa ajudar na transição das pessoas de rua para um trabalho real futuramente.


PUBLICIDADE ANUNCIE

Se o governo oferecesse uma maneira fácil e prática de ajudar os moradores de rua a se reerguerem e, de quebra, ainda eliminar, aos poucos, o lixo jogado na cidade, você acharia uma boa ideia? Pois a cidade de San Jose, na Califórnia, começou um projeto muito interessante como afirma o Mercury News.

A cidade que contém uma arte e arquitetura brilhantes, infelizmente sofre com o tanto de lixo jogado pelas ruas. Por isso, foi decidido criar uma maneira de acabar com isso ajudando também os moradores de rua. O projeto pretende começar em novembro com um pagamento de R$45 para cerca de 25 moradores recolherem lixo em pelo menos 40 pontos principais da cidade.

Leia também: Estudantes de Odontologia atendem moradores de rua em BH

“Nós estamos trabalhando para transformar vidas”, revelou o prefeito Sam Liccardo durante uma conferência no Downtown Streets Team’s San Jose Office para anunciar o novo programa. A organização que trabalha para acabar com a falta de moradia e a GoodWill, empresa sem fins lucrativos que fornece treinamento profissional, irão contratar e gerir os trabalhadores. O objetivo é ajudar os participantes da transição para um emprego integral.

Cidade americana paga 45 moradores rua recolherem lixo

Cidade americana paga 45 moradores rua recolherem lixo

Cidade americana paga 45 moradores rua recolherem lixo

Relacionado: Chuveiro itinerante dá “ducha” de dignidade para moradores de rua

Cidade americana paga 45 moradores rua recolherem lixo

Cidade americana paga 45 moradores rua recolherem lixo

Os moradores deverão fazer a ronda em alguns pontos que já foram, inclusive, motivo de reclamação de moradores pela quantidade de lixo pairando em meio as ruas da região. O presidente da Associação do Bairro Monterey Senter, Jonathan Fleming, revelou estar animado para o projeto. Ele já havia proposto um programa parecido esse ano, mas acabou não vingando. E agora ver que ele pode dar aos participantes um senso de ‘propósito’ realmente é algo incrível. O presidente espera que, assim, eles consigam talvez até mesmo conversar com os moradores dos acampamentos nas região perto e convencê-los a manter a região limpa.

PUBLICIDADE ANUNCIE

Para Jonathan, é muito claro que as pessoas tendem a colocar a culpa de todo o lixo nos próprios moradores de rua quando, na verdade, ele vem de todos os lugares. A vítima de violência doméstica que perdeu sua casa depois de enfrentar um vício em drogas e passou a morar em casas temporárias, Christine Gonzalez revelou que tem feito trabalho voluntário com o Downtown Streets Team por vários anos e tem recebido em troca gift cards para atender suas necessidades básicas, mas a oportunidade de receber algo mais como um cheque pode fazer toda diferença.

“Você não percebe como é difícil se reerguer”, conta Gonzalez. “Isso (o programa) irá trazer de volta a confiança e a auto-estima.” Inicialmente, o programa será financiado por um subsídio de $200,000 dólares para abatimento de lixo aprovado pelo Conselho da Cidade, mas não há data final definida e as autoridades gostariam que o programa continuasse.

Cidade americana paga 45 moradores rua recolherem lixo

Cidade americana paga 45 moradores rua recolherem lixo

Cidade americana paga 45 moradores rua recolherem lixo

Cidade americana paga 45 moradores rua recolherem lixo

Cidade americana paga 45 moradores rua recolherem lixo

Segundo o vice-presidente de serviços de missão na GoodWill de Silicon Valley, o programa será capaz de criar um ambiente de suporte que possa ajudar na transição das pessoas de rua para um trabalho real futuramente. E você? O que acha? Será que essa ideia daria certo se fosse implementada em alguma região do Brasil?

Fotos: Ray Chavez/Bay Area News Group.

Fonte: Mercury News.

  • Siga o Razões no Instagram aqui.
  • Inscreva-se em nosso canal no Youtube aqui.
  • Curta o Razões no Facebook aqui.

[Nota da Redação]

Agora temos um canal no YouTube! Assista ao primeiro vídeo falando sobre uma inciativa que une Brechó com adoção de animais, e se inscreva no canal aqui.

PUBLICIDADE ANUNCIE

PUBLICIDADE ANUNCIE

Acessar

Resetar senha

Voltar para
Acessar