Como o simples ato de fechar uma rua está ressignificando a infância?


219 shares Compartilhar Tweet WhatsApp

banner reserva

Nós temos a falsa ideia de que, para mudar o mundo precisamos fazer coisas extraordinárias. Mas a mudança se dá em pequenas atitudes! O mundo começa a melhorar, conforme damos o primeiro passo e, assim, sucessivamente, como uma onda, outras pessoas se inspiram em pequenas atitudes, que juntas possuem um poder transformador maior do que podemos imaginar!

A cidade de Bristol, no Reino Unido é um grande exemplo disso! Tudo começou quando, uma mulher, Alice Ferguson, teve a ideia genial de fechar sua rua, uma vez por semana, durante algumas horas. Isso acontece todas as terças-feiras, quando os carros são proibidos de entrar nessa rua, que acaba virando um parque de diversões a céu aberto. Não é somente as crianças que se beneficiam com isso, mas os adultos também, já que é uma oportunidade de fazer amizade com os vizinhos. Já reparou que muitas vezes, nem sabemos o nome de nossos vizinhos? Isso não soa estranho? Não seria melhor se todo mundo fosse amigo e vivesse em harmonia? Essa rua agora é assim!

Alice afirma que, essa atitude é um verdadeiro antídoto contra o isolamento infantil e a obesidade. As crianças que brincam juntas na rua, aprendem a conviver com outras crianças e adquirem um senso de comunidade, o que não ocorre quando ficam trancadas em casa. Esse modelo está fazendo tanto sucesso, que várias outras cidades começaram a incorporar. Afinal, existe coisa melhor do que brincar ao ar livre?

Abaixo você pode assistir o vídeo na íntegra, produzido pela emissora BBC.

 

 

Créditos: Reprodução Facebook / BBC

barra reserva


Comentários no Facebook

Acessar

Resetar senha

Voltar para
Acessar
Escolher um formato
História
Lista