fbpx

Estudante encontra dinheiro na escola e devolve ao dono no Amapá

O estudante de 13 anos encontrou 400 reais na escola onde estuda e devolveu para seu dono.


estudante encontra dinheiro devolve dono amapá
PUBLICIDADE ANUNCIE

O garoto Adison Leandro, 13 anos, encontrou o dinheiro na escola onde estuda e devolveu para seu dono, no sábado (11). Ele vive com a mãe e dois irmãos num bairro da periferia do município de Santana, no Amapá.

O dinheiro estava no chão da Escola Estadual José Pestana e pertencia ao microempresário Raimundo Coutinho da Silva, 65 anos, que fornece lanche para a cantina da escola.

Adison lembra de ter visto quando o dinheiro caiu do bolso de Raimundo. O estudante imediatamente pegou a quantia e saiu correndo para devolver.

estudante encontra dinheiro devolve dono amapá

“Meu pai, que é cobrador de ônibus, não vive mais com a minha mãe há dois anos, mas é presente em minha vida e sempre me ensinou que qualquer coisa que eu encontre no chão devo procurar saber quem é o dono para devolver. E foi isso que eu fiz”, contou Adison para o Santana do Amapá.

Raimundo disse ter ficado surpreso e emocionado com a atitude do garoto.

estudante encontra dinheiro devolve dono amapá

estudante encontra dinheiro devolve dono amapá

PUBLICIDADE ANUNCIE

“Estava com cerca de R$ 400,00 e havia muita gente na hora, naquela correria de intervalo, e nem percebi quando caiu do meu bolso. De repente, esse menino bateu no meu braço e me devolveu o dinheiro. Fiquei muito emocionado. É bem difícil esse tipo de atitude. Tinha tanta gente no corredor, que seria fácil se ele quisesse levar o valor com ele”, afirma.

O garoto fez questão de relatar a reação para sua mãe quando chegou em casa e contou a história. “Ela ficou orgulhosa de mim e eu me senti muito orgulhoso”, lembra Adison.

estudante encontra dinheiro devolve dono amapá

estudante encontra dinheiro devolve dono amapá

A coordenadora pedagógica da escola, Maria de Jesus, também disse estar orgulhosa do estudante. “Para nós é uma emoção muito grande saber que podemos contar com os nossos estudantes. Foi uma atitude nobre e nos sentimos honrados. Estamos mais motivados para darmos continuidade nos projetos desenvolvidos com o Ministério Público”, declarou.

O Ministério Público do Amapá é um parceiro antigo da escola.  Ele atua no Núcleo de Práticas Restaurativas de Santana, cujo objetivo é melhorar a relação entre alunos, professores e a família, e este ano lançou um projeto de prevenção primária à corrupção. O ‘MP vai à Escola’ estimula uma série de atividades pedagógicas focadas no tema, em dez escola de Macapá e Santana.

crédito das fotos: Divulgação

PUBLICIDADE ANUNCIE

PUBLICIDADE ANUNCIE

Acessar

Resetar senha

Voltar para
Acessar