fbpx

Estudantes promovem leitura entre presos e ajudam na diminuição da pena

Um livro na mão e sua vida já não é como era antes.


estudantes promovem leitura presos viçosa minas gerais
PUBLICIDADE ANUNCIE

A leitura é uma grande aliada para a diminuição de pena e ressocialização de pessoas que estão pagando sua dívida com a Justiça. É nisso que acredita um grupo de estudantes da Universidade Federal de Viçosa, no interior de Minas Gerais.

O projeto LIBERTART surgiu durante um processo de trainee do Enactus UFV – Viçosa, time local da organização internacional sem fins lucrativos que promove o empreendedorismo social. Os participantes foram divididos em grupos, e cada grupo precisava realizar uma ação social.

Leia também: Ex-detento volta todos os dias à cadeia para dar aulas de programação para detentos

Os estudantes (Mayara Pereira, Júlia Sabino, Maria Luísa, Victor Farineli e Oriáton Antonucci) sabiam da existência de um projeto de redução de pena pela leitura dentro da Associação de Proteção e Assistência ao Condenado da cidade de Viçosa. Porém, faltavam livros e os presos tinham dificuldades para escrever a resenha crítica que devem entregar ao juiz após a leitura de cada livro.

estudantes promovem leitura presos viçosa minas gerais
Em apenas dois dias, o grupo arrecadou cerca de 340 livros

Foi então que o LIBERTART apareceu: organizou uma feira de arrecadação de livros na UFV e propôs oficinas de escrita e leitura para os detentos assistidos pela APAC Viçosa.

Em apenas dois dias, o grupo arrecadou cerca de 340 livros. Eles fecharam parcerias com comerciantes da cidade para sortear brindes entre os doadores, como uma forma de recompensa. O LIBERTART entregou os livros e ministrou duas oficinas de escrita e leitura para os detentos.

“Acreditamos que todo ser humano merece ser tratado com dignidade e uma chance para recomeçar. Acreditamos que a reabilitação de pessoas condenadas por crime deve ser, sim, a solução mais humana e mais generosa que temos para transformar suas vidas”, contou Mayara Pereira, integrante do LIBERTART, ao Razões para Acreditar.

PUBLICIDADE ANUNCIE
estudantes promovem leitura presos viçosa minas gerais
Mayara, de camiseta preta, e a equipe do LIBERTART

estudantes promovem leitura presos viçosa minas gerais estudantes promovem leitura presos viçosa minas gerais

estudantes promovem leitura presos viçosa minas gerais

Leia também: Menino de 9 anos usa sua mesada para comprar livros para detentos

O LIBERTART deu tão certo, que vai virar um dos projetos permanentes da Enactus UFV. Claro que Mayara foi aprovada no processo seletivo e agora faz parte do time oficial! A tendência do projeto daqui pra frente é só de crescimento e acreditamos que vai servir de inspiração para estudantes de outras universidades que desejam transformar a vida de pessoas que cumprem pena, mas não sabem por onde começar.

Compartilhe o post com seus amigos!

  • Siga o Razões no Instagram aqui.
  • Inscreva-se em nosso canal no Youtube aqui.
  • Curta o Razões no Facebook aqui.

estudantes promovem leitura presos viçosa minas geraiscrédito das fotos: Mayara Pereira/Arquivo pessoal

PUBLICIDADE ANUNCIE

PUBLICIDADE ANUNCIE

Comentários no Facebook

Acessar

Resetar senha

Voltar para
Acessar