Morador de favela do Rio recebe TV em casa por engano e procura verdadeira dona: “não me pertence”


morador de favela rio TV
3.6k shares Compartilhar Tweet WhatsApp

O que você faria se, por engano, entregassem um aparelho de TV na sua casa que não é seu? O Rui Benedicto passou por isso e não quer ficar com o aparelho: “não me pertence”. 

Na quarta-feira desta semana (05/07), Rui, de 26 anos, e trabalha como promotor de vendas e mora na Favela do Muquiço, no Rio de Janeiro (RJ), recebeu em casa um produto a mais do que havia comprado.

Com o dinheiro que sacou do FGTS, ele comprou uma SmarTV e um rack no site da Magazine Luiza, mas no dia que entregaram ele não estava em casa e sua sogra recebeu os produtos, como ela não sabia o que havia sido comprado, não se atentou que entregaram duas TVs, Rui então mandou um e-mail para o a empresa, mas não recebeu retorno até a finalização dessa pauta.

Relacionado: Relato sobre honestidade na prestação de serviços no Rio viraliza na internet

print TV morador favela rio
Print do e-mail que Rui enviou para a empresa. (Arquivo pessoal – Reprodução autorizada)

Já que não recebeu retorno, resolveu fazer uma publicação no Facebook, para tentar localizar a verdadeira dona ou para que a Magazine Luiza tome conhecimento.

Foi então que seu irmão Diego, que é um seguidor do Razões para Acreditar, nos mandou isso que aconteceu com seu irmão e nos disse “taí mais uma razão”.

Quando perguntamos ao Rui o que ele sentiu ao ver mais uma TV em sua casa, ele disse: “Fiquei assustado, fiquei meio abalado quando meu filho perguntou se essa [a TV] era pra colocar no quarto dele, tive que respirar fundo e falei que não, essa é da tia”.

O menino em questão é o Miguel, que na verdade é seu enteado, que ele cria desde que tinha 2 anos e o trata como filho, Rui tem ainda mais um filho, o Ruizinho, de 5 anos, e é casado com a Carol.

Quando o filho perguntou se a TV era pra ele, Rui disse que foi o único momento em que ficou tentado a ficar com a TV: “Dia 29 do mês passado tinha sido aniversário dele eu não tinha conseguido dar um presente maneiro”.

Enquanto conversava com o Rui, percebi que ele tem várias publicações no Facebook sobre budismo, perguntei então se ele era budista, e ele me disse que acredita e respeita todas as religiões.

Mudança de atitude

Rui disse que se fosse há 10 que isso tivesse acontecido, ele já teria vendido, mas que mudou muito quando começou a abrir sua mente para religiões, tudo isso começou quando perdeu sua mãe faltando três dias para o Dia das Mães, no período ele estava muito abalado e um amigo lhe convidou para visitar um terreiro de Candomblé, “saí de lá bem melhor e abri minha mente e vi que a famosa ‘macumba’ não tinha nada de diabo como dizem”, contou Rui de forma enfática.

Veja a publicação que ele fez:

Relacionado: Idosa vai às lágrimas após ter de volta carteira perdida com dinheiro para pagar medicamentos e contas

Futuro na Comunidade do Muquiço

Na conversa, Rui disse que está estudando radialismo, para abrir uma rádio web e lançar um projeto de roda cultural dentro da comunidade, com atividades de hip hop, grafite, distribuição de livros, “o intuito do projeto é pra dar uma afirmação social aos jovens da comunidade, eu acredito que a maioria vai pra vida errada pelo fato de não ter o que fazer, quem não faz nada fica com a mente vazia e pessoas com mente vazias não tem ideias e acabam indo pelas ideias dos outros”.

Perguntei a opinião dele sobre os jornais e TVs só mostrarem coisas ruins sobre as comunidades do Rio, ele me disse que “a única preocupação deles é vender e dar Ibope, enquanto nós mesmos não mudarmos nada vai mudar, só vai mudar quando nosso povo estiver lá dentro controlando nos jornais”.

A gente sabe disso Rui, e ficamos extremamente honrados em poder ajudar de alguma forma em difundir histórias inspiradoras como a sua, fica aqui nosso pedido à Magazine Luiza, entrem em contato com o Rui, para que ele consiga devolver o aparelho, meu e-mail é [email protected], caso precisem de informações dele.

“Deus sabe o que faz, não há coisa melhor que ter a mente aberta e paz interior, é muito bom”.

É isso aí Rui, tamo junto!

[ATUALIZAÇÃO]

Ontem o Rui me atualizou sobre a história e disse que a Magazine Luiza entrou em contato com ele para que ele conseguisse devolver a TV, e comovidos com a história que publicamos com exclusividade aqui no Razões, eles deram tablets para os filhos do Rui, como forma de agradecimento pelo gesto. Ele publicou em seu Facebook o desfecho da história:

E sabem o mais bacana?  o agradecimento que o Rui fez a mim e equipe do Razões, ele disse:

E depois que chegou a entrega, ele disse:

Fotos: Arquivo pessoal Rui Benedicto – Reprodução autorizada


Comentários no Facebook

Acessar

Resetar senha

Voltar para
Acessar
Escolher um formato
História
Lista