fbpx

Papa Francisco abre Vaticano para refugiados e pede que paróquias façam o mesmo


PUBLICIDADE ANUNCIE

Já falamos algumas vezes sobre o papa Francisco (relembre aqui) e é sempre bom noticiar fatos sobre ele.

No último domingo (06/09) ele afirmou que duas paróquias do Vaticano vão receber uma família de refugiados cada nos próximos dias. O gesto faz parte de uma campanha de solidariedade que o pontífice pediu que seja adotada por cada paróquia e comunidade religiosa na Europa.

“Apelo às paróquias, às comunidades religiosas, aos monastérios e santuários de toda a Europa que […] recebam uma família de refugiados”, disse ele após seu discurso dominical no Vaticano.

PUBLICIDADE ANUNCIE

A população na Praça de São Pedro aplaudiu quando o pontífice, ele mesmo neto de imigrantes italianos que foram para a Argentina, disse: “Cada paróquia, cada comunidade religiosa, cada monastério, cada santuário da Europa, receba uma família.”

“O Evangelho pede que sejamos vizinhos aos menores e mais abandonados, que entreguemos a eles esperança concreta. Não é suficiente dizer: “Tenha coragem””, disse o papa.

Publicação originalmente publicada no site da Folha.

 

PUBLICIDADE ANUNCIE

PUBLICIDADE ANUNCIE

Acessar

Resetar senha

Voltar para
Acessar