Para alertar sobre o perigo da desatenção causada pelo celular, mulher de 82 anos ajuda pedestres a atravessar a rua


Para tentar alertar as pessoas sobre o que a desatenção causada pelo uso do celular pode causar, a simpática Dona Vilma, de 82 anos, participou de uma ação em Pelotas, no Rio Grande do Sul. A iniciativa foi criada pela “Biscoitos Zezé”.

Em um dos semáforos da cidade, Dona Vilma agiu como uma guia para os pedestres desatentos, conduzindo todos com segurança, de um lado até o outro e ficou surpresa com a quantidade de pessoas que andam sem desviar o olhar de seus celulares, inclusive ao atravessarem a rua.

Pesquisas apontam que o uso do celular no trânsito é extremamente perigoso, aumentando em 400% o risco de acidentes no trânsito.

Mas não é somente os motoristas que precisam tomar cuidado. Há riscos de acidentes para os pedestres distraídos. Muitos atravessam sem olhar para os dois lados ou caminham sem observar direito o espaço ao redor.

“A mensagem da campanha veio carregada de experiência de vida e, por esse motivo, era melhor aceita entre as pessoas. A empatia da Dona Vilma também contou muito para a reflexão”, afirma Thomaz Ballverdú, um dos idealizadores da ideia, segundo o Catraca Livre.

“Alguns não entendiam no inicio, perguntando se era Dona Vilma que queria ajuda, mas em seguida ela explicava: ‘Eu que vou te cuidar, por causa do celular’. No final, todos concordaram em prestar mais atenção na faixa e seguir os conselhos de quem é mais experiente“, finaliza.

Veja o vídeo:


Comentários no Facebook

Acessar

Resetar senha

Voltar para
Acessar
Escolher um formato
História
Lista