Projeto que daria salário vitalício para vereadores do Rio é vetado após pressão popular

O projeto foi derrubado por unanimidade, com 40 votos contra e 0 a favor. Mas, não foi bem o bom senso dos vereadores que barrou esse projeto absurdo. Foi graças à mobilização popular.


1474 shares Compartilhar Tweet WhatsApp

O bom senso venceu desta vez na Câmara Municipal do Rio de Janeiro. Na terça-feira, 1, os vereadores votaram contra um projeto que previa que alguns vereadores recebessem salário até o fim da vida – sim, mesmo após o fim do mandato.

O projeto foi derrubado por unanimidade, com 40 votos contra e 0 a favor. Mas, não foi bem o bom senso dos vereadores que barrou esse projeto absurdo. Eles só votaram contra porque foram pressionados pelo povo.

“Eu já tenho quatro mandatos e nunca vi tanta reação com uma notícia. Acho que é preciso ter mais respeito com a gente”, comentou o vereador Marcelino D’Almeida (PP).

Caso fosse aprovado, receberiam durante o resto de suas vidas um salário equivalente ao que recebe um secretário da prefeitura (que também é outro absurdo): R$ 15 mil líquidos por mês.

O vereador Célio Lupparelli (DEM), indicado como coautor da proposta, disse em discurso na Câmara que os autores do texto agiram de “má fé” ao incluir os nomes de outros vereadores.

“Quando me foi apresentado projeto, me foi pedido apoiamento para a apresentação para a discussão, algo perfeitamente democrático, não pedido de coautoria”, explicou.

Com informações do SóNotíciaBoa / Foto de capa via


Comentários no Facebook

Acessar

Resetar senha

Voltar para
Acessar
Escolher um formato
História
Lista