Estudantes em Cuiabá reaproveitam peças de bicicleta para criar cadeira de rodas


1843 shares Compartilhar Tweet WhatsApp

Pense bem antes de jogar alguma coisa no lixo, porque nas mãos certas, quase tudo pode ser reutilizado. Com uma boa ideia em mente e pouca grana, estudantes do 2º ano do Ensino Médio do Mato Grosso criaram uma cadeira de rodas a partir das peças de uma bicicleta. A invenção foi para a feira de ciências da Escola Estadual Presidente Médici, em Cuiabá.

A produção do grupo de 16 e 17 anos, entre eles Yago Vinícius, Eduardo Corrêa e Cláudio Roberto, chamou a atenção dos visitantes. O trabalho, que levou três meses para ficar pronto, contou com a ajuda do professor de informática Renan Aparecido. “Eles queriam algo inovador, que ainda não visto aqui. Foi aí que eles tiveram essa ideia da cadeira, que é bastante acessível em termos de custo”, declarou ao site da Secretaria da Educação do MT.

O equipamento funciona como um triciclo, no qual a estrutura da bicicleta é acoplada numa cadeira de rodas, assim a pessoa pode comandar a velocidade e a direção pelo guidão. O investimento de R$ 270 foi destinado à compra de peças novas, como rodas e correntes, para evitar acidentes.

Foto: Bruna Barbosa/ G1

Os alunos visaram ampliar a mobilidade e independência dos cadeirantes, já que a cidade tem muitas subidas e descidas, além de fornecer uma opção de baixo custo. O freio e a marcha auxiliam na tarefa, proporcionando ainda ainda uma atividade física ao usuário, que exercita a parte superior do corpo ao puxar o guidão.

O projeto foi aprovado pelo cadeirante Emanuel de Jesus, de 16 anos. “Eu achei muito boa essa ideia, meus amigos andam bastante de bicicleta e, com esse projeto, vou poder sair com eles. Com a cadeira é complicado sair, porque ela é mais lenta e precisa alguém ajudar para ter mais velocidade”.

 

Vale na sua vida

É a partir do aço, um minério que se obtém do ferro, do qual a Vale é a maior produtora mundial, que nasce a bicicleta para mudar o cotidiano de muita gente. Encurtando distâncias, a magrela só traz benefícios! É um meio de transporte ecológico e econômico, proporciona uma atividade física, não custa caro e pode até se transformar em invenções maravilhosas como essa.

[Nota da Redação]

Essa matéria faz parte de um canal especial mostrando o outro lado de histórias que não imaginávamos, para ver todas as matérias do canal acesse aqui.

Foto em destaque: Assessoria de imprensa de Mato Grosso



Comentários no Facebook

Acessar

Resetar senha

Voltar para
Acessar
Escolher um formato
História
Lista