Projeto discute caminhos para que o futuro que queremos seja possível


Tente imaginar o mundo daqui a alguns anos… O que você vê?

E se nesse mundo…

…as pessoas se entendessem e a diferença não fosse motivo para segregações e guerras, mas, sim, o caminho para resolver velhos e novos problemas? E se cada um de nós pudesse se expressar de modo autêntico e ser ouvido com atenção e respeito?

…as empresas estimulassem a colaboração (de verdade!) e, além de gerar lucro (que é importante), buscassem gerar qualidade de vida e felicidade?

…as escolas preparassem as crianças não apenas para o vestibular, mas para pensarem e agirem com autonomia, serem capazes de dialogar e conviver com as diferenças e criarem um futuro melhor para todos?

Você diria que estamos perto dessa realidade?

—–

Sempre acreditamos que a revolução tecnológica seria a resposta para tudo e, agora que ela chegou, a sensação é de que todas as perguntas mudaram. Temos milhares de aplicativos, aparelhos e facilidades que eram impensadas há alguns anos.

Mas tudo aconteceu em uma velocidade difícil de acompanhar e o que vemos hoje são muros – concretos e virtuais – mantendo longe o que, ao mesmo tempo, está tão perto.

A sensação é que nossa vida está sempre no limite de um colapso, individual e coletivo, e as coisas parecem perder, pouco a pouco, seu sentido.

—–

Se o mundo e, consequentemente, seus desafios mudaram, é hora de nos reorganizarmos como sociedade para, juntos, buscarmos novas respostas. Quem sabe se, nesse processo, a gente não descobre que o futuro que imaginamos já está sendo construído?

Cada vez mais gente está se conscientizando do valor da empatia, do diálogo e da colaboração em nossas relações, seja no trabalho, em casa ou, bem da verdade, em qualquer lugar. O mesmo vale para o protagonismo e a autonomia em nossas realizações. Queremos cada vez mais nos tornar donos dos nossos próprios destinos.

Se por um lado o futuro parece incerto, por outro talvez estejamos no meio de um processo de revolução – ou melhor, evolução – e as respostas que procuramos para podermos enfrentar os desafios na construção de mundo melhor já estejam em cada um de nós, a espera de uma oportunidade para serem ouvidas.

—–

Por isso, nesse ano, a La Gracia, consultoria de comunicação, em parceria com o Razões Para Acreditar e apoio da Livraria Martins Fontes, vai promover uma série de encontros abertos e gratuitos, para todo tipo de gente - estudantes e executivos, otimistas e pessimistas, céticos  e sonhadores  – para discutirmos possíveis soluções e caminhos para que o futuro que queremos seja possível, sempre com a comunicação como centro da discussão.

Participe, R:evolucione!

Quer fazer parte dessa revolução, mas não sabe por onde começar? Vem ouvir o que a gente e muita gente bacana têm a dizer.

Concorda, já é um revolucionário e age ativamente para transformar o seu entorno? Vem compartilhar suas experiências com a gente.

Discorda completamente e acha isso tudo um absurdo? Vem também, exponha sua opinião. Quanto mais diversos os pontos de vista, mais rico será o diálogo e mais profundas as nossas descobertas.

Os encontros acontecerão de março a dezembro e mais sobre cada um deles você vai saber em breve.

O primeiro acontece hoje, saiba mais aqui.

—–

A La Gracia é uma consultoria que acredita na comunicação horizontal como chave para a construção de um mundo mais justo e sustentável e que, desde 2015, promove uma jornada anual de encontros para discutir temas ligados à comunicação                 .

A Livraria Martins Fontes é uma das mais tradicionais de São Paulo e, desde 2016, cede o aconchegante espaço do auditório da loja localizada na Avenida Paulista para a realização dos encontros promovidos pela La Gracia.

O Razões Para Acreditar é uma agência de conteúdo humanizado e transformador, além de ser o maior site de boas notícias do País.

Acessar

Resetar senha

Voltar para
Acessar