Contador de 82 anos realiza sonho de posar com beca de formatura 41 anos após se formar

Os sonhos nunca morrem!


3306 shares Compartilhar Tweet WhatsApp

Os sonhos nunca morrem. No máximo, são adiados. Quando o universo conspira a favor e você está cercado de pessoas incríveis, uma hora esse sonho se torna realidade. Este é o caso do contador Juarez Silveira Pinto, um senhor de 82 anos.

O contador Juarez Silveira Pinto, de 82 anos, esperou pacientemente quarenta e um anos para participar de uma festa de formatura e ser fotografado de beca. Ele conclui o curso de Ciências Contáveis no longínquo ano de 1976, mas não pôde participar da formatura com seus colegas, pois não tinha dinheiro. O morador de Fortaleza já estava casado e era pai de duas crianças.

A ideia de dar esse presente para o seu Juarez partiu da neta Bianca Cirino, depois que o irmão dela recebeu a beca para a formatura dele. Como não sabia qual era a cor da faixa do Curso de Ciências Contábeis, Bianca postou uma foto nas redes sociais com a esperança de conseguir uma faixa emprestada.

Para sua surpresa, várias pessoas apareceram querendo ajudar seu Juarez a realizar o sonho. A publicação recebeu mais de 6,5 mil curtidas e 1,2 mil comentários. O empenho da neta para realizar o sonho do avô valeu a pena. Ao invés de uma faixa emprestada, seu Juarez ganhou uma beca novinha e foi convidado para participar da festa de formatura dos alunos de contabilidade da Unifor (Universidade de Fortaleza), em julho deste ano.

Bianca é extremamente ligada ao avô, já que Juarez e a mulher criaram ela e seu irmão, Lucas, depois que seus pais se separaram. A mãe está casada novamente, mas os irmãos não quiseram deixar de morar com os avós.

Depois de uma vida inteira de trabalho, seu Juarez se aposentou, mas continua fazendo trabalhos de contabilidade em casa, para manter a mente ativa. Além disso, ele diz que ajuda a esposa nas tarefas domésticas. A mulher, aliás, teme a exposição do mais novo “formando”. Seu Juarez conta que esse medo está mais para ciúmes.

Com bom humor, o contador diz que a esposa tem medo que ele encontre outra mulher. É com esse carisma que ele espera viver muitos anos ainda: pelo menos mais 20, como pai dele, que morreu com 103 anos.

Com informações do G1

foto: Bianca Cirino



Comentários no Facebook

Acessar

Resetar senha

Voltar para
Acessar
Escolher um formato
História
Lista