fbpx

Homem em situação de rua ganha a vida vendendo livros que encontra no lixo


PUBLICIDADE ANUNCIE

Odilon Tavares vive em Belo Horizonte e é catador de recicláveis em sua cidade. Em situação de rua, ele já trabalhou como auxiliar de pedreiro e realizou alguns bicos, mas encontrou nos lixos da capital mineira uma oportunidade de viver melhor, dando novo significado ao que encontrava lá. Impressionado com a quantidade de livros jogados no lixo, ele começou a vendê-los há uns anos e hoje essa é a sua principal fonte de renda.

No início, Odilon os vendia por 1 real, agora cada um vale em média 5 reais. Ele criou uma espécie de sebo e costuma ficar sempre no mesmo lugar, na esquina da rua Grão Mogol com a Avenida do Contorno. Seu trabalho não é fácil, ele sai atrás dos livros, todos os dias, sem folga, costuma acordar às 4 da manhã, mas já encontrou muita coisa boa, como um exemplar novinho de Harry Potter, que ele conseguiu vender por 20 reais.

Hoje, figura conhecida na cidade, alguns sebos chegam a procurá-lo, mas ele diz que prefere a venda individual. Vendendo cerca de 100 livros por mês, o que lhe rende entre 400 e 500 reais, agora pensa em alugar um lugar para viver e quem sabe, em breve, montar o seu próprio sebo.

Apesar de ter estudado somente até a quarta série do fundamental, Odilon diz que sempre teve o costume de ler e que viu em sua atividade, uma maneira de pagar suas contas e de dar nova vida aos livros, que estavam no lixo. Que incrível!

PUBLICIDADE ANUNCIE

Com informações de Observatório 3 Setor

Apoie causas com Visa, sem pagar a mais por isso. Inscreva-se e ajude já! Aqui.

Fotos: Alexandre Rezende / UOL

PUBLICIDADE ANUNCIE

PUBLICIDADE ANUNCIE

Acessar

Resetar senha

Voltar para
Acessar