Primeira universidade sem professores e gratuita é inaugurada no Vale do Silício

Não existem professores, livros e nada é pago.


universidade sem professores foi inaugurada nos EUA

Sim, você leu certo: universidade sem professores.

Uma universidade sem professores rompe com um modelo vigente e tradicional – aquele que coloca o professor em uma posição acima do aluno, foi inaugurada no Vale do Silício, na Califórnia, nos EUA.

Na universidade 42, não existem professores, livros e nada é pago. Ela é voltada para estudantes interessados em programação de computadores e desenvolvimento de software. Durante o curso, os alunos escolhem um projeto do seu interesse e trabalham em grupo.

Para transformar a ideia em projeto, eles usam fontes gratuitas disponíveis na internet e recebem ajuda dos colegas. Os alunos trabalham lado a lado, em uma mesma sala, com várias fileiras de computadores, o que favorece a troca de conhecimento.

sim! uma universidade sem professores
Rick Friedmann/BBC

Os trabalhos são avaliados uns pelos outros, ao final de cada curso, que pode durar de 3 e 5 anos. A formatura acontece quando os alunos atingem o nível 21 de desenvolvimento dentro do programa – a progressão é semelhante às fases de um jogo.

O nome da universidade é uma referência à resposta sobre qual seria o sentido da vida segundo o clássico de ficção científica “O Guia do Mochileiro das Galáxias”, de Douglas Adams, e que já virou livro, peça de teatro, minissérie de TV, filme longa-metragem, revista em quadrinhos, livro ilustrado e jogo de computador.

A 42 é uma iniciativa do empreendedor do setor de tecnologia Xavier Niel. O primeiro campus da 42 foi criado em Paris, em 2013. Muitos estudantes que se formaram lá trabalham hoje em gigantes como IBM, Amazon e Tesla. Outros criaram suas próprias empresas ou são funcionários da própria universidade.

universidade sem professores inaugurada
A 42 é uma iniciativa do empreendedor do setor de tecnologia Xavier Niel (Foto: Divulgação)

“O retorno que temos recebido dos empregadores é que os jovens que formamos são mais preparados para buscar informações por si mesmos, por exemplo, sem precisar perguntar ao supervisor o que devem fazer,” diz Brittany Bir, chefe de operações da 42 na Califórnia e ex-aluna no campus de Paris.

Leia também:

Mensagem de despedida do dublador de Wolverine emociona internautas

Menino de 10 anos cria dispositivo que impede a morte de bebês esquecidos dentro do carro

Cientistas criam vacina que corta efeito do crack e cocaína

A universidade 42 é inspirada em modelos de empresas como Airbnb e Uber. A primeira é a maior empresa de hospedagem do mundo sem ter nenhum quarto, já a segunda é a maior empresa de transportes de passageiros sem ter nenhum veículo.

Com informações do G1 e Startse

Acessar

Resetar senha

Voltar para
Acessar