Enfermeira faz book de gestantes carentes para que elas não parem de cuidar da gravidez e faz exposição com as fotos


6111 shares Compartilhar Tweet WhatsApp

A enfermeira Gislaine Gonzaga percebeu  que muitas gestantes de baixa renda abandonavam o pré-natal durante a gravidez.

Ela teve a ideia então de um lindo projeto: fazer books gratuitos das grávidas, onde elas recebem as fotos apenas no sétimo mês, um estímulo para que elas não parem de cuidar da gravidez.

A ideia surgiu quando Gislaine trabalhava em um centro de saúde de Goiânia e convivia com as gestantes.

Outro motivo para a realização do projeto foi para aumentar a autoestima das futuras mamães. Mais de 70 mulheres já fizeram parte do projeto.

O que também impressionou Gislaine, foi que em muitos casos, as futuras mães ficavam muito abatidas, devido a gravidez não ter sido planejada. Por causa disso, não manifestavam muito afeto com o bebê.

Para resolver esse problema, ela pensou em presentear as gestantes com um kit de enxoval para o bebê, mas percebeu que não seria o bastante para aumentar a ligação afetiva entre as grávidas e os filhos. Ela então teve a (ótima) ideia das fotos.

O primeiro ensaio foi na unidade de saúde mesmo, em seu consultório, e ela levou suas próprias roupas, maquiagens e até a sua vizinha para ajudar, proporcionando para as gestantes um verdadeiro “dia de princesa”.

Depois de um tempo, ela formou uma equipe de profissionais da saúde que se especializaram em cursos de cabelo e de maquiagem, além de auxiliarem na produção dos figurinos.

Atualmente, a enfermeira realiza as fotografias em duas unidades, no Centro de Saúde Cachoeira Dourada e no Centro de Saúde da Família Jardim Guanabara, ambos em Goiânia, mas a maioria das fotos são feitas em sua própria casa, onde há um local exclusivo para os ensaios.

A ideia inicial não era continuar com os ensaios, mas a recompensa em ver a autoestima das futuras mamães fez com que a equipe não desistisse do projeto.

Muitas se surpreendem com o resultado, principalmente em relação a maquiagem. Algumas gestantes grávidas, que antes tinham vergonha de assumir a gravidez, ao verem as fotos querem se mostrar pro mundo e postar o resultado do book nas redes sociais.

O projeto é gratuito e a única condição para as mamães é que elas permaneçam no acompanhamento na unidade de saúde.

A exposição “FotográVIDA” foi realizada no dia 20 de maio, no Espaço Ipê, no Setor Jardim Guanabara, em Goiás.

Em conjunto com a exposição, o evento teve outras atividades relacionadas à gravidez, como palestras de conscientização, exames preventivos, atividades educativas, além de uma campanha odontológica preventiva voltada para a saúde das gestantes e dos bebês.

Informações do G1 e do Site Opinião Goiás

Saiba mais:

Facebook

Instagram

Veja algumas fotos (maravilhosas) das futuras mamães:

 

Fotos: Arquivo pessoal/Gislaine Gonzaga/Facebook

Coleção ACREDITAR

Comprando 1 peça, você garante um dia de aula de uma criança. Consumo consciente na parceria entre Razões & Euzaria. Compre aqui.


Comentários no Facebook

Acessar

Resetar senha

Voltar para
Acessar
Escolher um formato
História
Lista