15 heróis do ataque em Las Vegas que restauraram nossa fé na humanidade


706 shares Compartilhar Tweet WhatsApp

Na madrugada do último domingo(2), um homem atirou em um festival de música country em Las Vegas, matando pelo menos 59 e ferindo mais de 500. Apesar do caos na multidão, várias pessoas corajosas arriscaram suas próprias vidas para ajudar aos outros.

O tiroteio, que foi considerado o pior da história dos EUA, ocorreu durante o Route 91 Harvest Festival. Os tiros começaram no final de uma apresentação do cantor Jason Aldean, e vieram de uma janela de um quarto de hotel  próximo ao Mandalay Bay Resort. O atirador Stephen Paddock, de 64 anos, disparou durante uma hora pouco antes da polícia prendê-lo.
Em homenagem a todas as vítimas e seus entes queridos, mostramos algumas histórias heróicas da noite angustiante abaixo:

1- Jonathan Smith, 30: ele salvou 30 pessoas antes de levar um tiro no pescoço. Ele pode ter que viver com a bala pelo resto de sua vida.

Jonathan Smith estava no festival para comemorar o aniversário de seu irmão, com a sua família. Durante os tiros, ele acabou se separando dos nove familiares, mas mesmo assim, continuou tentando ajudar a multidão. “Um atirador! Um atirador! Vamos! Nós temos que correr”, ele gritava repetidamente.

Quando ele foi ajudar um grupo de meninas que tinha caído no chão, uma bala o atingiu no pescoço. Um policial de San Diego fora de serviço ajudou a parar o sangramento até a ajuda chegar. Apesar de Smith ter sobrevivido, como toda a família, ele pode ter que viver com uma bala no lado do pescoço para o resto de sua vida.

2- Esse homem pulou na frente da sua mulher para ela não levar um tiro, durante o festival.

Jake Beaton publicou no Twitter sobre a morte de seu pai, Jack Beaton. Ele foi  tragicamente baleado e morto enquanto protegia sua esposa, Laurie. Ele colocou a esposa no chão e cobriu-a com seu corpo, enquanto foi atingido. Jack começou a sangrar pela boca e Laurie sabia que ele morreria. Ele então disse que a amava e ela respondeu o mesmo, dizendo que o veria no céu.

3-Esse homem levou uma bala enquanto tentava proteger uma outra mulher durante o tiroteio

4- Sonny Melton com Sua Esposa, Heather. Ele foi tristemente assassinado ao cobrir sua esposa durante o tiroteio de Las Vegas.

Sonny Melton, um enfermeiro do Tennessee, estava comemorando seu primeiro aniversário de casamento com sua esposa, Heather, quando os tiros dispararam. Sonny agarrou Heather e começou a correr, protegendo-a, mas foi fatalmente baleado no processo.

“Ele salvou minha vida”, disse Heather. “Sonny era o homem mais amável que eu já conheci. Ele salvou minha vida e perdeu a dele”, completou.

5- O ex-marinheiro Taylor Winston e sua amiga, Jenn Lewis, encontraram um caminhão com chaves e transportaram cerca de 12 vítimas vítimas prioritárias para o hospital.

Os dois acharam um caminhão com chaves na ignição e sem ninguém. Sem pensar duas vezes, eles começaram a procurar pessoas gravemente feridas e foram colocando-as dentro do automóvel.

“As pessoas precisavam sair daqui, e fizemos o melhor que pudemos para conseguir levar o máximo de pessoas”, disse Winston. Eles conseguiram transportar cerca de 2 dúzias de pessoas para o hospital, depois que um carro da polícia os escoltou.

6- Essa mãe tomou uma bala depois de pular no corpo do namorado para protegê-lo.

7- Esse bombeiro foi atingido enquanto fazia respiração boca a boca em uma mulher.

Steve Keys  estava realizando uma respiração boca a boca em uma mulher ferida, quando uma bala passou de raspão perto de seu peito e estômago. Apesar de estar sangrando, Keys permaneceu no local, ajudando quem precisava, e foi levado para o socorro por um amigo depois. “Estou bem. Mas muitas pessoas não estão. Eu tenho sorte”, disse.

8- Carly Krygier imediatamente pegou sua filha do chão e a protegeu.

Carly Krygier estava sentada na parte de trás do festival de música com sua filha, quando o tiroteio começou. “Eu coloquei a bebê no chão e fiquei  em cima dela”, disse Carly. Ambas não se feriram.

9-O professor aposentado Mike Cronk enfrentou o tiroteio e usou sua camisa para fazer com que o seu amigo, que foi baleado três vezes, parasse de sangrar.

O professor aposentado de 48 anos, Mike Cronk, estava imediatamente ciente do que estava acontecendo, principalmente quando seu melhor amigo de 52 anos, Rob MacIntosh, foi baleado 3 vezes.

Com a ajuda de algumas pessoas, ele conseguiu colocar Rob no palco e estabilizou o ferimento do amigo com sua própria camisa. Cronk também ajudou a carregar outras pessoas feridas para uma ambulância, e uma morreu tragicamente em seus braços. “Poderia ter sido eu o baleado”, disse.

10-O veterano da guerra do Iraque, Chris Bethel, ajudou os policiais a encontrarem o atirador.

Chris Bethel, um veterano de guerra do Iraque, esteve em Las Vegas para uma conferência de TI e ficou no Mandalay Bay Resort, quando ouviu tiros a apenas dois andares de seu quarto. Ele chamou a polícia, não sabendo ainda que acima dele um homem estava cometendo o tiroteio de massa mais mortal na história moderna dos EUA.

“Eu me agachei na frente da minha porta, na esperança de que eu pudesse vê-lo se ele passasse correndo, e daí eu poderia identificá-lo”, disse. A ligação de Bethel ajudaria mais tarde a polícia a localizar o atirador.

11-Mike Mcgarry, um consultor financeiro da Filadélfia, se atirou em cima de seus filhos quando os tiros começaram. Ele disse: ‘Eles têm 20. Eu tenho 53 anos. Eu já vivi uma boa vida.’

Mike McGarry jogou-se em cima de seus filhos para protegê-los depois que ele percebeu que havia um tiroteiro. “Eles têm 20. Eu tenho 53 anos”, disse ele. “Eu vivi uma boa vida”. McGarry acabou com pegadas nas costas de sua camisa, pois as pessoas o tinham pisado. Felizmente, ele e seus filhos escaparam ilesos.

12- Lindsay Padgett transformou seu caminhão em uma ambulância para levar as pessoas ao hospital.

“Eu pensei com certeza que todos nós vamos morrer”,disse Lindsay Padgett, de 29 anos. Quando os tiros diminuíram, Padgett e seu noivo, Mike Jay, fugiram da cena e buscaram seu caminhão.

“Nós percebemos que havia pessoas em todos os lugares que precisavam de ajuda e em macas “, disse. O casal então começou a levar as pessoas.

No caminho para o hospital, com 10 pessoas no banco de trás, encontraram uma ambulância parada e entregaram seus passageiros mais gravemente feridos. Eles continuaram a trazer o resto das vítimas para o pronto-socorro.

“Estávamos prontos para voltar e levar mais pessoas, mas meu primo me chamou porque ele e minha família estavam com medo … Então voltamos para ficarmos com eles”, disse.

13- Este foi o assento traseiro de um dos policiais depois de ter que colocar uma mulher dentro com um ferimento de bala na cabeça.

O policial Richard Cole foi um dos muitos que estavam na cena horripilante do massacre brutal de domingo, em Las Vegas. Seu primo compartilhou as seguintes fotos de seu carro de esquadrão e de seu uniforme depois de ajudar as vítimas feridas, incluindo uma mulher com uma bala ferida em sua cabeça.

14- Mark Mccurdy salvou sua cunhada, Jessi Presten, depois de ela ter sido baleada e a carregou de volta ao quarto do hotel.

O bombeiro Mark McCurdy, estava com sua esposa, Kelly e sua irmã, Jessi Preston. Quando Jessi foi baleado, McCurdy discretamente a levou para o hotel Luxor. McCurdy voltou para a zona de perigo para ver se havia mais ajuda necessária, e depois uma ambulância levou Jessi para o Sunrise Hospital.

15- O bombeiro Kurt Fowler, que não estava em serviço, foi abatido e ferido seriamente enquanto protegia sua esposa do tiroteio.

Um bombeiro  de Lake Havasu, no Arizona, protegeu sua esposa de tiros durante o ataque. Kurt Fowler foi baleado na perna direita e gravemente ferido no processo. Ele passou por uma cirurgia, e espera se recuperar.

Via


Comentários no Facebook

Acessar

Resetar senha

Voltar para
Acessar
Escolher um formato
História
Lista