fbpx

Cabeleireiro ‘viraliza’ ao atender morador de rua em avenida de SP

"Já os deixei tomar banho em casa, dei roupa e café da manhã. É aquilo, fazer o bem, sem ver à quem".


pessoas em situação de rua
PUBLICIDADE ANUNCIE

 

Atitudes como esta merecem ser compartilhadas. Não porque quem faz o bem tenha, necessariamente, que mostrar o que está fazendo, mas porque é importante que as pessoas saibam como existem seres humanos bons e generosos pelo mundo. Que tudo é apenas uma questão de perspectiva.

Nilson Santos mora em Santos, litoral de São Paulo e é cabeleireiro. Uma vez por semana, há dez anos, ele se dedica a cortar o cabelo das pessoas que vivem na rua.

Com o simples ato de colocar uma cadeira na calçada, em frente à sua casa, Nilson faz uma diferença enorme na vida de quem não tem condições de pagar pelo serviço. Ele, que é cabeleireiro há 20 anos, diz que sempre ajudou as pessoas: “Eu sempre faço isso. E os moradores de rua agradecem. Já os deixei tomar banho em casa, dei roupa e café da manhã. É aquilo, fazer o bem, sem ver a quem”.

Na semana passada um pedestre o viu cortando o cabelo de um homem, fez uma foto e postou nas redes sociais. Seu ato tem chamado tanto a atenção das pessoas, que o post rapidamente viralizou. Mas suas boas ações não param aí. Nilson diz que faz trabalho voluntários em algumas ONGs de Santos, também cortando o cabelo de moradores de rua, como por exemplo no Centro Integrado de Assistência a Pessoas com Câncer: “Lá, as mulheres ficam muito gratas. Tiramos o dia para elas, que tem problemas maiores que os da gente”.

PUBLICIDADE ANUNCIE

Ele, que dedica todas as segundas-feiras e feriados para ajudar quem precisa, diz que não pensa em parar: “Me sinto com a sensação de gratidão e dever cumprido. Eu amo fazer o que faço”. Que atitude incrível. Se para muitas pessoas cortar o cabelo é um ato banal, para outras isso pode ser transformador!

 

pessoas em situação de rua.

Com informações de G1

Fotos: Alessandra Carvalho – Arquivo pessoal

PUBLICIDADE ANUNCIE


Acessar

Resetar senha

Voltar para
Acessar