fbpx

Aluno com deficiência faz depoimento emocionado ao professor que adaptou equipamentos para ele


PUBLICIDADE ANUNCIE

Cada pessoa tem sua história, seus medos, suas decepções. Por isso sempre devemos ser gentis e amáveis, a gente nunca sabe como o outro se sente realmente por dentro. Gestos que para algumas pessoas são simples e corriqueiros, para outras, faz a maior diferença e foi isso que aconteceu com Benedito Pedro de Andrade, que tem deficiência e fez o curso de Classificação e Degustação de Café, no Senar Minas, na cidade de Bueno Brandão.

Benedito precisa de cadeira de rodas para se locomover, o que o deixa em uma altura menor do que as outras pessoas e dificultaria o manuseio da máquina de café no curso que ele fez. Mas isso não foi problema, já que o professor, Rafael Gustavo Morais de Oliveira, fez questão de colocar o torrador de café em uma mesa mais baixa, para que Benedito pudesse participar ativamente da aula.

Foi esta atitude que marcou Benedito, que emocionado fez uma publicação em um grupo de whatsapp, que depois acabou sendo compartilhada em outras redes sociais: “Muito obrigado, Rafael. Hoje você fez um marco em minha vida. Torrei café. Fiquei radiante de felicidade. Não se apagará mais de minha memória. Oxalá em meus 43 anos de vida eu tivesse uns 10 amigos promotores humanos como você, promotores intelectuais… A gente não chega a lugar nenhum sozinho, só em equipe. Se estamos onde estamos é porque tivemos muito apoio”

PUBLICIDADE ANUNCIE

No final ele também agradece seus colegas de turma, que também sempre se mostraram solícitos e o ajudaram quando ele precisou: “E obrigado a todos por qualquer gesto, por pequeno que seja, me ajudando nesses dias desta semana. A todos, minha gratidão”.

Por mais pessoas assim!

Com informações de SistemaFaemg

Foto: Benedito Pedro de Andrade

PUBLICIDADE ANUNCIE

PUBLICIDADE ANUNCIE

Acessar

Resetar senha

Voltar para
Acessar