Evangélicos montam centro de apoio para romeiros católicos que vão à Aparecida

No centro de apoio, são oferecidos atendimento físico, incluindo massagem e alongamento, exames de pressão e glicemia, além de lanches e água.


77.9k shares Compartilhar Tweet WhatsApp

Muitas vezes, tratamos as diferentes religiões como “times de futebol”, em que os “torcedores” não conseguem conviver entre si, dizendo que seu time é melhor do que o outro, não havendo qualquer espaço de diálogo e o mínimo de empatia.

Mas, não é sempre assim que as coisas funcionam – aliás, não deveriam funcionar nunca. Um grupo de fiéis da Igreja Adventista mostra o contrário. Eles montaram um centro de poio para peregrinos católicos em um trecho da via Dutra, em Taubaté, interior de São Paulo, na segunda-feira (10).

Os peregrinos estão caminhando em direção ao Santuário Nacional de Aparecida. Um trajeto que pessoas do Brasil inteiro fazem todos os anos para agradecer uma graça alcançada e participar das celebrações do dia de Nossa Senhora Aparecida, nesta quarta-feira (12).

No centro de apoio, montado às margens do km 112 da rodovia, são oferecidos atendimento físico, incluindo massagem e alongamento, exames de pressão e glicemia, além de lanches e água.

“Nós realizamos essa parceria com a igreja católica por um motivo apenas, o amor ao próximo. Independente de placa de igreja, de credo, nós queremos ajudar o romeiro a chegar ao seu destino com saúde”, explica Luis Sena, um dos organizadores da ação.

O local foi montado por um grupo de evangélicos de São José dos Campos e conta com o trabalho voluntário de 25 pessoas em oito tendas de atendimento. O posto fica montado até esta terça-feira (11), das 8h às 17h.

Com informações do G1 / Foto: Carlos Santos/G1

Leia também: Pastor lava os pés de gay, mãe-de-santo, ateu e outros que sofrem com o preconceito dos evangélicos


Comentários no Facebook

Acessar

Resetar senha

Voltar para
Acessar
Escolher um formato
História
Lista