fbpx

Dono de mercados, casal doa alimentos a pessoas carentes


PUBLICIDADE ANUNCIE

Você já pensou em ajudar as pessoas de forma totalmente solidária e caridosa? Quero dizer, se você tivesse a oportunidade de oferecer alimento a quem mais precisa, você o faria? O casal Erica Barreto Almeida, de 34 anos, e Alysson Murilo Almeida, 37, começaram com uma ação incrível de ajudar pessoas carentes doando alimentos dos dois mercados que possuem no município de Luis Eduardo Magalhães (a 940 km de Salvador), segundo matéria da UOL.

Porém, só há cerca de dois meses que eles começaram a disponibilizar prateleiras com comida bem em frente a seus estabelecimentos, nos bairros do Jardim das Acácias e Mimoso 1, para que as pessoas em situação de rua pudessem aproveitar com frequência dos alimentos oferecidos por eles.

A mãe de dois e à espera de mais um, Érica tem orgulho de contar a história de como tudo aconteceu:  “Era um desejo nosso que, quando comprássemos nossos mercados, iríamos ajudar a todos aqueles que chegassem pedindo ajuda. Adotamos a ideia de doar o máximo que a gente pudesse, ainda que não fosse muito, mas não deixaríamos sair de mãos vazias.”

Dono mercados, casal doa alimentos pessoas carentesDono mercados, casal doa alimentos pessoas carentes

PUBLICIDADE ANUNCIE

Enquanto um dos mercados é do ramo de frutas, legumes e frutas, o outro é do seguimento de alimentos e ambos são oferecidos a essas pessoas carentes. Segundo eles, é realmente importante poder fazer esse belo trabalho e, ao invés, de deixar os alimentos estragarem poderem dá-los a quem mais precisa, pessoas carentes, etc., evitando até mesmo o desperdício. “Vemos muitas pessoas catando e comendo coisas estragadas do lixo, principalmente crianças. É uma situação muito desumana. Alguns não têm o que comer em casa e se alimentam de doações”, revela.

Leia também: Menino doa brinquedos que ganhou no seu aniversário de 5 anos para crianças carentes

Para Erica, algo que a impressionou e muito é o fato da consciência e educação das pessoas que utilizam das prateleiras. “Eles trazem os saquinhos e não pegam em exageros, levam apenas o necessário”, conta ela.

Realmente uma ação como essas merece e muita atenção, não?! Já pensou em fazer algo assim também?

Fotos: Divulgação.

Fonte: A Tarde/Uol.

PUBLICIDADE ANUNCIE

PUBLICIDADE ANUNCIE

Acessar

Resetar senha

Voltar para
Acessar