fbpx

Mesquita dentro de igreja une muçulmanos e cristãos no Canadá

Antes da igreja abrir suas portas, a comunidade muçulmana viajava duas horas até a mesquita mais próxima e uma única vez no ano.


igreja mesquita muçulmanos canadá
PUBLICIDADE ANUNCIE

Não existem muitos muçulmanos em Oxford, Nova Escócia, Canadá, mas há um número suficiente para que eles desejem ter uma mesquita, onde possam se reunir e praticar sua fé.

Quando Alia Kamareddine mudou-se para Oxford, a mesquita mais próxima ficava em Halifax, a cerca de duas horas de distância. A mulher era uma das três únicas muçulmanas em Oxford assim que chegou à cidade.

Kamareddine é proprietária de uma pizzaria e lamentava o fato de dificilmente frequentar a mesquita. “Era difícil, não costumávamos ir sempre. Normalmente íamos uma vez por ano, às vezes, uma vez a cada dois anos”, disse ela à CBC.

À medida que mais muçulmanos chegavam à Nova Escócia, a necessidade de encontrar um lugar para orar ficava mais evidente. Felizmente, Kamareddine e os outros muçulmanos que vivem em Oxford ganharam um lugar perto de casa para praticar sua fé.

mulheres igreja mesquita muçulmanos canadá
Alia Kamareddine, no centro, e outras mulheres da mesquita com a prefeita de Oxford, Trish Stewart

Não é uma mesquita, mas uma Igreja. A Trinity United Church abriu suas portas e criou um local de culto em seu salão comunitário para os muçulmanos. Virou o que muitos estão chamando de “mesquita dentro de uma igreja”.

PUBLICIDADE ANUNCIE

Alison Draper, que mora em Oxford, disse à CBC que, embora a ideia seja um tanto diferente, a igreja tem sido bastante acolhedora. Ela conta que a mesquita reuniu as duas comunidades e criou um ambiente de aprendizado.

igreja mesquita muçulmanos canadá

O grupo de muçulmanos que usa as instalações da igreja, liderado por Kamareddine, ganhou o nome de Muslim Community Group.

Kamareddine conta que nunca poderia ter imaginado uma mesquita dentro da igreja local quando chegou a Oxford vinte anos atrás, mas que se sente grata por isso ter se tornado uma realidade.

O local tem sido particularmente importante nesta época do ano, quando muçulmanos do mundo inteiro celebram o mês sagrado do Ramadã. Durante o nono mês do calendário islâmico, os muçulmanos jejuam e celebram o Corão, seu livro sagrado.

O Muslim Community Group convidou pessoas da comunidade para participar das comemorações, incluindo a prefeita de Oxford, Trish Stewart, que se juntou ao Iftar, refeição que os muçulmanos comem ao final do dia durante todo o Ramadã. 🤲 🙏

Leia também!

Muçulmanos arrecadam fundos para reconstruir cemitério judaico atacado

Fotos © Alia Kamareddine/Arquivo Pessoal/Reprodução

PUBLICIDADE ANUNCIE

PUBLICIDADE ANUNCIE

Comentários no Facebook

Acessar

Resetar senha

Voltar para
Acessar