Empresa adota critério diferente para contratação: a gratidão


842 shares Compartilhar Tweet WhatsApp

A empresa Cunzolo Rental sabe da importância de ser grato.

Localizada em Campinas, São Paulo, a empresa adotou um pré-requisito para contratação de funcionários: ser uma pessoa grata.

A ideia surgiu quando uma das donas, Valéria Cunzolo, descobriu que o ato de agradecer conseguiu mudar não somente a sua vida, mas também a da empresa e a do seu filho.

Valéria e seu filho (Foto: Marcia Luz)

Após o término de um casamento de 10 anos, e com um filho de 7, Valéria decidiu fazer um curso chamado “A Gratidão Transforma”, desenvolvido pela psicóloga, coach e palestrante, Marcia Luz.

“Eu estava em busca de novos conhecimentos que ajudassem a melhorar minha autoestima. Queria me sentir bem comigo mesma e foi aí que encontrei o curso da Marcia. Aos poucos, percebi que praticando a gratidão, comecei a enxergar o mundo com outros olhos”, comenta.

Ela contou que o curso a ensinou a focar sua energia apenas nas coisas boas, como o seu filho pequeno, a família, os amigos, o trabalho e a saúde.

E o mais interessante é que ela percebeu que ao agradecer diariamente por tudo que recebia, passou a descobrir mais motivos para continuar a ser uma pessoa grata.

Valéria também notou que na empresa, alguns de seus empregados não pareciam estar realmente gratos pelo simples fato de ter um emprego, no meio de tantos problemas financeiros no país.

Para mudar isso, Valéria adotou uma nova tática : ela mesma contrataria e faria as entrevistas com os futuros funcionários, adotando como requisito a gratidão, além dos atributos técnicos.

Durante a seleção, ela passou a fazer duas perguntas:

-“Diga o nome de duas pessoas a quem você é grata (o) na sua vida e o motivo.”

– “Na sua vida profissional, existe alguém a quem você agradece?”

“Notei que as pessoas que vieram para a entrevista, se surpreenderam com essas questões. Arranquei até lágrimas de alguns”, complementa Valéria.

Mas a empresária também queria melhorar o ambiente dos 61 funcionários já empregados.

Por isso criou o “Cesto da Gratidão”.

Em cima da mesa onde ficam as garrafas de café, ela colocou um aviso e um pequeno potinho transparente.

Ali, os funcionários podem escrever bilhetes para compartilhar com os colegas os motivos pelos quais agradecem, ou pegar um bilhete de algum amigo como inspiração.

“ Vejo que estão mais comprometidas, trabalham mais felizes e que trazem ideias novas e criativas para o nosso dia a dia. Agora, eles se preocupam mais com os pequenos detalhes, e que fazem a diferença na vida dos outros funcionários!”, explica Valéria.

Que tal você fazer um “Cesto da Gratidão” também?

Fotos: Divulgação

 


Comentários no Facebook

Acessar

Resetar senha

Voltar para
Acessar
Escolher um formato
História
Lista