Empresa argentina utiliza pneus como matéria prima e só emprega mães solo


268 shares Compartilhar Tweet WhatsApp

Algumas empresas são criadas para fazer a diferença no mundo, como é o caso da Xinca, criada em 2013 por três argentinos: Ezequiel Gatti e Nazareno El Hom e Alejandro Malgor. Essa marca de tênis, ao mesmo tempo que utiliza pneus jogados fora como matéria-prima, fazendo um bem imenso para o meio ambiente, só emprega mães solo, na cidade de Mendoza, Argentina.

Até hoje, mais de 20 mil quilos de pneus já foram reciclados por eles, que também utilizam restos têxteis da indústria da moda para a produção dos tênis, mochilas e bonés da marca. Produzindo uma média de 1500 sapatos por mês, a marca emprega mais de 25 mulheres das áreas rurais, dando oportunidade para que essas mulheres forneçam o sustento de suas casas. Tudo isso faz parte do projeto Across Women’s Lives, da série Wear and Tear: as mulheres que fazem nossas roupas e Alejandro Malgor afirma que “É gratificante que empresas que compram nossos produtos saibam que estão ajudando a capacitar mulheres e pessoas excluídas pelo sistema”.

O principal objetivo da empresa argentina é devolver às mulheres sua dignidade e capacitar essas mulheres, que muitas vezes não têm acesso à educação, mas que precisam trabalhar.

Os pneus, são fornecidos por uma usina de reciclagem, na capital argentina, Buenos Aires e estão transformando a vida dessas mulheres, como é o caso de Mauricia Vargas, por exemplo. Mauricia, tem 40 anos e é mãe de dois filhos. Ela diz que antes de começar a trabalhar na Xinca sua vida era muito mais difícil, com longas jornadas de trabalho e salário muito mais baixo do que ela recebe hoje.

Nós apoiamos totalmente empresas com essa visão de comunidade, que pensam no sistema como um todo e que ao mesmo tempo que movimentam a economia, fazem bem à sociedade!

Com informações de Só Notícia Boa


Acessar

Resetar senha

Voltar para
Acessar