Finlândia cria pão feito de grilos triturados

Cada pão contém 70 grilos domésticos.


70 shares Compartilhar Tweet WhatsApp

Pães feitos de insetos: uma receita que vai ser sucesso de vendas ou flopar? Vindo da Finlândia, país acostumado a inovar em várias áreas, a receita, merece nosso voto de confiança. Um grupo de padarias finlandesas anunciou que será o primeiro do mundo a oferecer em suas lojas pães feitos de insetos.

O fato é que a própria Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO), em 2013, publicou um relatório encorajando o consumo de insetos, afirmando que os insumos baratos e ecológicos poderiam alimentar 9 bilhões de pessoas até 2030. Então, os finlandeses nem são tão excêntricos, como pode parecer. Eles estão antenados em novas fontes de nutrição para o combate da fome no planeta.

A receita do novo pão leva: farinha de trigo, centeio, sementes de girassol e gergelim. Eles são adicionados a um pó obtido após secar e moer cerca de 70 grilos domésticos (“acheta domesticus”).

“A humanidade precisa de fontes novas e sustentáveis de nutrição”, defendeu Juhani Sibakov, diretor de inovação na Fazer Bakery, uma das maiores empresas de alimentação da Finlândia, em nota. “Fizemos uma massa crocante para realçar o sabor e aumentar a sensação na boca. O resultado é delicioso e nutritivo e uma boa fonte de proteínas. Os insetos também contêm ácidos graxos, cálcio, ferro e vitamina B12.”

Inicialmente, os pães de grilo serão vendidos em cidades próximas à capital Helsinque, devido à falta de farinha de grilo para o consumo em outras regiões do país. A Finlândia é o quito país europeu a retirar à proibição à venda de insetos comestíveis. Bélgica, Holanda, Dinamarca e Áustria já vendem produtos de origem de insetos para consumo humano.

Leia também: Como a Finlândia revolucionou a educação e ainda tirou o país da pobreza

Com informações do Uol

foto: reprodução Fazer Bekery


Comentários no Facebook

Acessar

Resetar senha

Voltar para
Acessar
Escolher um formato
História
Lista