Saiba mais sobre o novo programa da FORD voltado para a mobilidade urbana


34 shares Compartilhar Tweet WhatsApp

A Ford é uma empresa que deseja fazer a diferença na vida das pessoas e conta com inúmeros programas sociais.

Veja alguns exemplos:

CENTRO DE CAPACITAÇÃO PROFISSIONAL HENRY FORD: Promove a capacitação de jovens carentes de 14 a 17 anos, através de cursos de Mecânica, Eletricidade Veicular e Informática. Forma 170 alunos por ano, em São Paulo.

PROGRAMA MOCHILAS SUSTENTÁVEIS:  As fardas dos empregados, que antes eram incineradas, quando devolvidas ao almoxarifado passaram a ser higienizadas e doadas para o Projeto Axé, organização não-governamental reconhecida por sua forte atuação social. Além da produção das mochilas, a partir do reaproveitamento de cerca de 60 mil uniformes em quatro anos, a iniciativa ganhou também o viés econômico e social, ao capacitar diversas mulheres de baixa renda, moradoras de Camaçari e Salvador, por meio de oficinas de corte e costura, permitindo a elas participar do processo de produção das mochilas e também obter conhecimento que possa gerar uma fonte de renda pessoal.

Foto Evandro Veiga – Correio da Bahia

ODONTOMÓVEL: É uma clínica odontológica móvel, montada em veículos comerciais da Ford, com o objetivo de prestar atendimento odontológico gratuito para crianças de 2 a 15 anos de idade, nas cidades onde a empresa mantém unidades.

Os projetos de responsabilidade social da Ford no mundo contam com o apoio da Ford Fund – braço filantrópico da marca – e com a parceria de outras entidades.

E a novidade é que a Ford Fund, em união com a Artemisia, organização pioneira no Brasil em negócios de impacto social, lançam durante a segunda edição da Campus Party Brasília, o Ford Lab: Mobilidade para Todos.

Com 12 anos de atuação, a Artemisia vive um momento de consolidação do conceito de negócios de impacto social no Brasil, sobretudo nas áreas de Educação, Saúde, Tecnologia Assistiva, Habitação e Serviços Financeiros.

O principal objetivo da parceria Entre a Ford Fund e a Artemisia é construir a base para o desenvolvimento da indústria de negócios de impacto social dentro do tema de mobilidade/transporte no Brasil.

Para isso, a iniciativa irá desenvolver uma Tese de Impacto em Mobilidade e o Programa Ford Lab.

A Tese de Impacto irá reunir informações relevantes sobre os desafios reais enfrentados pela população de baixa renda no Brasil e levantará oportunidades de negócios que enderecem esses desafios de forma que essas soluções tenham potencial para crescer e impactar milhões de pessoas. O lançamento da Tese de Impacto está previsto para primeiro trimestre de 2018.

Já o Ford Lab: Mobilidade para Todos, programa de inovação aberta de impacto, consiste no processo de identificação e seleção de startups – em fase de prototipagem e primeiras vendas– para um processo de aceleração com metodologia exclusiva da Artemisia. A proposta do programa, que tem duração de seis semanas, é apoiar empreendedores com soluções inovadoras e com potencial de impacto social. As inscrições estão previstas para agosto de 2017.

“Garantir mobilidade é garantir o acesso a direitos básicos e promover uma sociedade mais saudável e autônoma. A aliança estratégica entre a Artemisia e o Ford Fund tem o objetivo de desenvolver e fortalecer uma nova geração de negócios de impacto social com soluções inovadoras em mobilidade“, explica Maure Pessanha, diretora-executiva da Artemisia.

Negócios pensados para os desafios da população de baixa renda

De acordo com a Artemisia, as principais características desse tipo de negócio são: foco na base da pirâmide (desenhados de acordo com as necessidades e características da população de baixa renda); intencionalidade (que possuem a missão explícita de causar impacto social e são geridas por empreendedores éticos e responsáveis); potencial de escala (podem ampliar o alcance por meio da expansão do próprio negócio); rentabilidade (possuem um modelo robusto que garante a rentabilidade sem depender de doações ou subsídios); impacto social relacionado à atividade principal (o produto ou serviço gera diretamente impacto social); e distribuição ou não de dividendos (o negócio pode ou não distribuir dividendos a acionistas, mas este não é um critério usado para definir negócios de impacto social).

“No Brasil, a área de Responsabilidade Social da Ford está baseada nos pilares de sustentabilidade, tanto ambiental quanto social, e educação. Com a parceria com a Artemisia, temos a oportunidade de trabalhar duas estratégias fundamentais de negócios para a companhia globalmente em um só projeto: fomentar soluções de mobilidade e impactar positivamente a sociedade, mudando a forma como o mundo se move. Isso sem falar na possibilidade de estimular o empreendedorismo no país, fundamental para o desenvolvimento econômico”, explica Jim Vella, presidente da Ford Fund.

Saiba mais:

www.artemisia.org.br

www.ford.com.br


Comentários no Facebook

Acessar

Resetar senha

Voltar para
Acessar
Escolher um formato
História
Lista