fbpx

Reino Unido terá supermercado 100% movido a energia dos alimentos que iriam pro lixo


PUBLICIDADE ANUNCIE

Conforme é divulgado pela ONU, a cada ano 1,3 bilhão de toneladas de alimentos vão parar no lixo. Podemos dizer que um terço de toda a comida produzida pela agricultura global é perdida. Contudo, é possível reduzir o desperdício e gerar novas oportunidades, assim como a atitude do Sainsbury’s. Essa tradicional rede de supermercados do Reino Unido vai utilizar, pela primeira vez, os resíduos de alimentos de seus estabelecimentos para gerar energia para o abastecimento de uma loja inteira.

De acordo com o jornal britânico The Guardian, o Sainsbury’s já é o maior consumidor de energia a partir do processo de digestão anaeróbia de alimentos no país, que garante energia o bastante para iluminar 2.500 casas por ano.Muitas de suas lojas já usam parcialmente a bioenergia. Agora, a rede marca a história ao tornar a unidade em Cannock completamente independente da energia da rede elétrica nacional.

PUBLICIDADE ANUNCIE

Esse sistema energético funcionará da seguinte forma: os restos de comida do Sainsbury em Cannock serão transportados para uma empresa de reciclagem parceira na região, onde serão transformados em gás biometano. Então este gás será usado para gerar energia, enviada de volta para a loja por uma linha de transmissão de 1,5 quilômetros de extensão.

“Não é apenas sobre o desperdício de alimentos, é sobre um monte de tecnologias combinadas que nos torne menos dependente da rede nacional”, explica Paul Crewe, chefe de sustentabilidade da empresa.

sainsburys

PUBLICIDADE ANUNCIE

PUBLICIDADE ANUNCIE

Acessar

Resetar senha

Voltar para
Acessar