fbpx

Vídeo “Pai, me ajude: nasci menina” viraliza e emociona a internet


PUBLICIDADE ANUNCIE

O vídeo da Organização sem-fins lucrativos Care Norway, intitulado Dear Daddy (“Querido Papai”), faz um alerta sobre a violência contra a mulher de maneira belíssima e forte.

A voz pausada e trêmula da garotinha que faz pedidos ao seu pai na barriga da mãe é impactante. No início do vídeo, ela agradece ao pai por tê-la protegido, mesmo sem ter nascido. Depois, ela pede um favor maior que tem a ver com os garotos.

“Porque eu vou nascer uma garota. O que significa que aos 14 anos, os garotos da minha sala vão me chamar de puta, vadia, vaca, e um monte de outras coisas só por diversão, é claro. Coisas que homens fazem. Então você não vai se preocupar. E eu entendo isso, pois talvez você também tenha feito isso quando jovem, tentando impressionar outros meninos.”

A partir daí ela descreve situações de abuso sexual e psicológico como se fossem apenas uma brincadeira para os homens. Já adulta, ela vive um relacionamento “sólido”, velado pela violência psicológica machista, até ela ser agredida pelo companheiro.

“Então, querido papai, este é o favor que quero lhe pedir. Uma coisa sempre leva a outra. Então, por favor, não deixe que tudo isso comece. Não deixe meus irmãos chamarem garotas de putas. Que um dia algum garotinho pode começar a acreditar nisso.” Assista:

video-feminismo-1

video-feminismo-2

video-feminismo-3

video-feminismo-4

video-feminismo-5

video-feminismo-6

PUBLICIDADE ANUNCIE

video-feminismo-7

video-feminismo-8

video-feminismo-9

video-feminismo-10

video-feminismo-11

video-feminismo-12

video-feminismo-13

video-feminismo-15

video-feminsmo-14

via [Hypeness]

PUBLICIDADE ANUNCIE

PUBLICIDADE ANUNCIE

Comentários no Facebook

Acessar

Resetar senha

Voltar para
Acessar