fbpx

Mulher se conecta à mãe que morreu enquanto ela viajava através de desconhecidos

Ela se conectou à mãe que morreu através de pessoas desconhecidas, lugares e da religiosidade.


mulher conecta à mãe morreu através desconhecidos
PUBLICIDADE ANUNCIE

Lavar a louça é um programa terapêutico, apesar da maioria das pessoas achar um saco. Não é bem assim que pensa uma mulher que se conectou à mãe que morreu enquanto ela fazia uma viagem.

A história é um dos episódios da websérie ter.a.pia. O nome é um trocadilho das palavras terapia e pia – a de lavar louça mesmo. Basicamente, são ‘sessões’ de pessoas que narram histórias de vida enquanto lavam a louça.

O projeto é dirigido pelos comunicólogos Alexandre Simone e Lucas Galdino. A ter.a.pia resgata um costume que se perdeu num mundo ligado no piloto automático: contar e ouvir histórias, tê-te-à-tête, nada de aplicativos de mensagem instantânea.

“Sentimos que está cada vez mais escasso o contar – e o ouvir – nas rodas de bares, nos almoços de família. Não nos entregamos mais, estamos no piloto automático”, diz a página da websérie no Facebook.

mulher conecta à mãe morreu através desconhecidos

Somos diferentes um do outro, mas há uma porção de histórias parecidas que conectam todos nós, pode apostar que sim! É nisso que acreditam Alexandre e Lucas, “mostrar que as histórias de todo mundo são muito parecidas, sejam elas engraçadas, tristes, amorosas ou de superação”.

PUBLICIDADE ANUNCIE

mulher conecta à mãe morreu através desconhecidos

Bissexualidade, maternidade, racismo, luta contra o câncer, empreendedorismo feminino, adoção de pets, espiritualidade, enfim, a ter.a.pia compartilha histórias que emocionam, questionam, libertam e, em todos os casos, mostram que somos mais parecidos do que o mundo nos faz acreditar.

Vale muito a pena visitar o projeto no Facebook, YouTube e Instagram – a ter.a.pia está presente em todas essas plataformas.

Para despertar sua curiosidade e pôr à prova o que acabamos de falar, selecionamos uma sessão que conta a história de uma mulher que se conectou à mãe que morreu, enquanto viajava, através de pessoas desconhecidas, lugares e da religiosidade. Bom, no more spoilers, dá play no vídeo e comenta depois o que achou:

crédito das imagens: ter.a.pia/YouTube/Reprodução

PUBLICIDADE ANUNCIE

PUBLICIDADE ANUNCIE

Comentários no Facebook

Acessar

Resetar senha

Voltar para
Acessar