fbpx

ONG realiza 52 cirurgias para correção de lábio leporino e fenda palatina no Cariri (CE)

Ao todo, 104 pacientes passaram pela triagem e atendimentos médicos. As famílias dos pacientes também receberam um kit de mantimentos.


ong cirurgias correção labio leporino cariri ceará
PUBLICIDADE ANUNCIE

Uma das maiores organizações médicas voluntárias do mundo, a Operação Sorriso (OS) retornou ao Ceará pela 26ª vez, onde 52 pacientes foram operados para correção de uma fissura entre o lado esquerdo e o direito do lábio, formando uma linha vertical, conhecida como lábio leporino e fenda palatina.

De 9 a 14 de outubro, 104 pacientes passaram pela triagem e atendimentos médicos. A ONG contabilizou mais de 930 consultas gratuitas e exames laboratoriais neste período. A seleção de pacientes foi realizada na Unidade Básica de Saúde Pirajá, em Juazeiro do Norte (CE).

Além dos moradores da região, a Operação Sorriso recebeu pessoas do Piauí, Pernambuco e Rio Grande do Norte. Alguns pacientes operados na missão de 2017, em Fortaleza, também compareceram para realizar a consulta pós-operatória de um ano. As cirurgias aconteceram no Hospital São Raimundo, no Crato (CE).

ong cirurgias correção labio leporino cariri ceará

“Foi emocionante vivenciar o retorno da Operação Sorriso à região do Cariri após quase 10 anos e voltar a sentir a realização de contribuir para a inclusão social de centenas de pessoas. Tudo com muito carinho, atenção e assistência especializada”, explica Marina Silva, Coordenadora da Regional de Saúde do Crato.

PUBLICIDADE ANUNCIE

“Para além do patrocinador da missão Cariri, ao participar ativamente descobrimos que este trabalho traz aprendizado para todos que se envolvem na causa. Dos pacientes, passando por suas famílias, voluntários, Secretarias de Saúde dos municípios e parceiros. É uma rede que se espalha e se fortalece”, explica Christiana Costa, Gerente de Sustentabilidade Corporativa e Responsabilidade Social da CPFL Renováveis.

Por meio do Programa Raízes, principal iniciativa de Investimento Social Privado da geradora de energia, a CPFL Renováveis possibilitou o retorno da ONG ao interior do Ceará. O investimento social foi financiado com recursos da Linha de Investimento Social de Empresas do BNDES (‘Linha ISE’).

Todas as famílias dos pacientes operados receberam ainda um kit de mantimentos, doado pela Cesta Nobre, com alimentos para o período pós-operatório. 

Pré-triagem

Antes do início da missão, os pacientes tiveram a oportunidade de receber atendimento odontológico com o médico Romildo Bringel, na Faculdade Leão Sampaio. “Isso foi decisivo para que tivéssemos um alto número de pacientes aptos à cirurgia. Lembrando que inicialmente tínhamos como objetivo operar 40 pacientes, mas ultrapassamos essa meta com folga, graças ao trabalho incansável do nosso grupo de voluntários”, celebra Fernanda Carbonari, coordenadora de programas da Operação Sorriso.

Educacional

No final de semana que antecedeu a missão, a Operação Sorriso ofereceu um curso de Suporte Básico à Vida (ou BLS, Basic Life Support), da American Heart Association, para 11 enfermeiros do Hospital São Raimundo.

Na semana das cirurgias também aconteceu o “Ciclo de Palestras Sobre Fissura Labiopalatina”. Voluntários da ONG realizaram uma apresentação no auditório da Faculdade Leão Sampaio para quase 100 pessoas, entre profissionais e estudantes da área da saúde. Eles explicaram como as áreas da cirurgia plástica, anestesia, pediatria, odontologia, fonoaudiologia, psicologia e enfermagem atuam nas missões humanitárias da Operação Sorriso e como realizam o tratamento especializado para pacientes nascidos com fenda no lábio e no palato do ponto de vista de cada especialidade.

crédito das fotos: Anderson Rapello

PUBLICIDADE ANUNCIE

PUBLICIDADE ANUNCIE

Acessar

Resetar senha

Voltar para
Acessar