fbpx

Pesquisadores americanos criam caneta capaz de detectar o câncer em apenas 10 segundos


PUBLICIDADE ANUNCIE

Pesquisadores da Universidade do Texas, nos Estados Unidos, anunciaram a criação de um dispositivo em formato de caneta que promete revolucionar o tratamento contra o câncer. O dispositivo consegue detectar tecidos cancerígenos com precisão de 96% em apenas 10 segundos ou 150 vezes mais rápido do que o método usado atualmente, e que têm uma eficácia de só 20% para certos tipos de câncer.

A caneta batizada de MasSpec visa ajudar os médicos a realizarem cirurgias com mais precisão, permitindo extrair apenas os tecidos que possuem células cancerígenas e, assim, diminuir a chance de reincidência da doença. A caneta já foi testada com sucesso em 253 pacientes humanos, conforme o estudo publicado no periódico Science Translational Medicine.

O funcionamento da caneta é relativamente simples: como as células do câncer têm um metabolismo diferente das células saudáveis, suas moléculas apresentam uma composição única, como se fossem a impressão digital da doença. A caneta identifica apenas essas células, comparando-as com tecidos cancerígenos listados em seu banco de dados.

PUBLICIDADE ANUNCIE

“Sempre existiu uma maneira de oferecer ao paciente uma cirurgia mais precisa, mais rápida ou mais segura. É ela que iremos buscar”, disse James Suliburk, um dos colaboradores do projeto, em entrevista para o site da universidade. “Essa tecnologia faz todos os três. Ela permite que sejamos muito mais precisos na hora de escolher aquilo que iremos remover – e qual parte é para ser deixado no lugar.”

A novidade tem previsão para chegar às mãos dos cirurgiões no ano que vem. Curioso para saber mais sobre a MasSpec? Dá o play no vídeo abaixado divulgado pela Universidade do Texas:

 

Com informações da revista Superinteressante

Fotos: Universidade do Texas

PUBLICIDADE ANUNCIE


Acessar

Resetar senha

Voltar para
Acessar