Projeto usa atividades lúdicas para educar crianças e adolescentes sobre prevenção de DTS’s


32 shares Compartilhar Tweet WhatsApp

Utilizar atividades lúdicas para conscientizar crianças, adolescentes e profissionais da educação sobre a importância da prevenção quando o assunto é doenças sexualmente transmissíveis, principalmente a AIDS. Esta é a proposta do Atitude Positiva, projeto patrocinado pela farmacêutica GSK.

A iniciativa já impactou mais de mil escolas na rede municipal do Rio de Janeiro, beneficiando 135 mil pessoas. Por meio de atividades de caráter cultural, o Atitude Positiva atua principalmente junto a jovens de bairros com baixo Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) e alta incidência de gravidez precoce e DSTs. Para 2018, a meta é ampliar o alcance do programa e conscientizar mais 15 mil pessoas.

A importância de projetos como o Atitude Positiva pode ser evidenciada por meio dos números da Unaids (Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/AIDS). De acordo com o programa, das 4.500 novas infecções por HIV em adultos brasileiros em 2016, 35% ocorreram entre jovens de 15 a 24 anos. No País, um em cada cinco bebês nascidos em 2015 são filhos de mães adolescentes.

Desde os anos 80, quando um diagnóstico de HIV era uma sentença de morte, a GSK tem sido pioneira na pesquisa sobre medicamentos para o vírus, conduzindo inovações para trabalhar com pacientes e comunidades.

 Com informações de assessoria – Crédito de foto: divulgação


Acessar

Resetar senha

Voltar para
Acessar