Senhora de 101 anos quebra recorde da mulher mais velha a terminar uma corrida nos EUA

O corpo é de uma senhora, mas o espírito é de uma criança!


recorde
10576 shares Compartilhar Tweet WhatsApp

Não é à toa que a norte-americana Julia Hawkins possui o apelido de “furacão”. O recorde que ela bateu fala por si só. A idosa participou do National Senior Games, em Birminghan, Alabama (EUA), em julho. Ela completou os 100 metros da prova em 40,2 segundos, atingindo a incrível marca de seis segundos a menos do que o recorde mundial anterior para mulheres com mais de 100 anos de idade.


Ouça essa matéria! Clique no play acima!

Julia “Furacão” Hawkins também é a mulher mais velha a competir no USA Track and Field Outdoors Masters Championships (USATF). Competitiva, Hawkins disse que quase não conseguiu dormir de tão ansiosa que estava para competir.

“Eu perdi minha soneca para fazer isso”, disse ela à imprensa local.

A atleta sênior é viúva, mãe de quatro filhos e possui três netos e um bisneto. A adrenalina corre em suas veias, apesar da idade. Apaixonada por desafios, ela é fã de esportes que exigem bastante esforço físico, além da corrida, como pedalar. Sempre em movimento, nos momentos de descanso, ela pratica uma outra paixão: a jardinagem.

“Eu sempre estou fora de casa e o telefone sempre toca, e então eu vou correndo para dentro de casa. Foi assim que eu descobri que poderia correr”, disse Hawkins, em entrevista ao Huffington Post.

Outro apelido que lhe cairia bem é “liberdade”, afinal, só uma palavra como essa para explicar sua força de superação diante das limitações físicas que os anos trazem para qualquer pessoa. O corpo é de uma senhora, mas o espírito é de uma criança!

Foto: Instagram USATF/Reprodução



Comentários no Facebook

Acessar

Resetar senha

Voltar para
Acessar
Escolher um formato
História
Lista