Youtuber “LubaTV” mantém projeto social que busca recursos para causas de saúde


"LubaTV"
482 shares Compartilhar Tweet WhatsApp

Com mais de 6 milhões de inscritos somados em seus dois canais, “LubaTV” e LubaTV Games, o jovem de 26 anos Lucas Rossi Feuerschutte tem, na verdade, números muito mais interessantes do que esse. O Youtuber mantém um projeto social que busca recursos para causas de saúde, ajudando principalmente pessoas sem condições de pagar ou sem acesso à tratamentos que custam muito dinheiro.


Ouça sobre o projeto do Luba! Clique no play acima!

Passar por necessidades desse tipo é um tanto desesperador, especialmente quando atinge crianças que, devido alguma doença ou condição especial, têm toda a sua vida pela frente colocada em risco. É aí que entra a instituição de caridade Amazing Project, que procura ajudar não só os pequenos, mas pessoas que precisam de auxílio em situações de saúde, seja com a compra de latas de leite em pó, doação de kits de higiene ou de recursos financeiros.

O projeto arrecada doações que são destinadas ao custeamento de tratamentos médicos, a compra de suplementos alimentares, medicamentos, equipamentos de reabilitação em saúde, entre outros. Além de pessoas físicas, pessoas jurídicas, que se enquadrem nos requisitos do projeto, também podem ser contempladas com os recursos doados.

A associação trabalha ainda em parceria com outras organizações na divulgação de causas e campanhas nas redes sociais, dentre elas assinaturas para abaixo-assinados, doações de cabelos, sangue, medula óssea. Quem puder, também consegue fazer doações fixas mensais, nos valores de R$ 5,00 a R$ 100,00, através do site.

Conversamos com o youtuber catarinense sobre suas motivações e engajamento para fortalecer uma questão tão sensível e vulnerável no Brasil, como a saúde. A influência e o impacto de pessoas como o Luba na internet é também uma ferramenta de grande valia para fortalecer uma causa social.

– Luba, quando que te despertou essa consciência de criar um projeto social? O que te motivou?

Eu sempre quis ter um projeto social ou simplesmente algo que pudesse destinar os ganhos para caridade. Dos 14 aos 18 anos, fiz diversos trabalhos voluntários ligados à minha paróquia. Isso ajudou a manter essa minha vontade. Em janeiro de 2011, criei um canal chamado “LucasFund” e a ideia era justamente criar vídeos naquele canal e doar tudo o que eu ganhasse nele para caridade, mas infelizmente nem o “salário” do meu canal principal pagava as minhas contas. Definitivamente não tinha força online o suficiente para manter um projeto assim. Com a turma crescendo, o sonho foi se aproximando da realidade e hoje o Amazing Project é a nossa (minha e da Turma) maior criação.

– Temos inúmeras demandas sociais no Brasil e cada esforço por cada uma delas já é um avanço. Por que optou por unir esforços para a área da saúde?

Saúde é um direito de todo o ser humano. Quando penso que há pessoas sem acesso a consultas, exames, remédios, cirurgias ou qualquer outra coisa que seja necessária para a sua sobrevivência, por falta de dinheiro, é algo que eu não consigo acreditar. As pessoas mandam e-mail pra gente pedindo ajuda para continuarem vivendo. Focando na área da saúde, conseguimos ajudar diretamente quem nos procura. Seja doando algum valor, quando conseguimos, ou divulgando campanhas já existentes para os meus seguidores.

–  Quantas pessoas o projeto já ajudou até o momento?

Difícil colocar um número exato, mas já realizamos/ajudamos mais de 20 campanhas (algumas delas para escolas, que atingem um grande número de crianças). Todos os projetos realizados podem ser vistos aqui.

– Todo o dinheiro arrecadado vai para as pessoas que precisam? A partir do momento em que alguém doa uma quantia, o que acontece?

Todo o dinheiro doado vai direto para o caixa do Amazing Project e, a partir dele, redirecionamos para as pessoas que entraram em contato com o Amazing por meio do site/e-mail e preencheram alguns requisitos. Não conseguimos ajudar todos que nos pedem ajuda (e muitas solicitações exigem uma quantia de dinheiro muito alta, acima do que conseguimos ajudar).

– Como digital influencer, você acredita que tem uma “obrigação” ou um dever maior de chamar a atenção para causas como essa? Já conseguiu influenciar seus amigos do YT a doarem ou se engajarem?

Como “digital influencer”, não, mas como ser humano, sim. Não existem motivos para não ajudar uma pessoa. Muitos não podem doar dinheiro, mas uma curtida e um compartilhamento em qualquer rede social, em uma campanha de caridade, já vale muito. Compaixão pode te levar a fazer coisas que nem você acreditava que poderia fazer para ajudar alguém também. Alguns amigos YouTubers já ajudaram o Amazing, tanto com doações quanto com divulgação.

– Qual é a sensação de ajudar pessoas numa situação tão vulnerável, como a de saúde? Você tem a sensação de missão cumprida?

A sensação, pelo menos pra mim, é estranha… Fico extremamente feliz em ajudar alguém e existe o sentimento de “missão cumprida”, sim, mas ao mesmo tempo, penso: “E agora? Será que vamos conseguir ajudar mais pessoas? Quantas outras tiveram esse mesmo problema e não conseguiram apoio?”. Não sei direito o que pensar, mas pelo menos estamos fazendo alguma coisa.

Fotos: reprodução/Luba TV e Amazing Project


Comentários no Facebook

Acessar

Resetar senha

Voltar para
Acessar
Escolher um formato
História
Lista