fbpx

Atleta transgênero entra em time de vôlei feminino na Itália

Alessia Ameri esteve em quadra com a sua equipe, o Hermae Entu, em partida válida pela oitava rodada da Série A2 do Campeonato Italiano feminino de vôlei nesse domingo (13).


PUBLICIDADE ANUNCIE

A líbero Alessia Ameri, 30 anos, é a primeira atleta de vôlei transgênero a jogar uma partida oficial na Itália.

Alessia esteve em quadra com a sua equipe, o Hermae Entu, em partida válida pela oitava rodada da Série A2 do Campeonato Italiano feminino de vôlei no domingo (7).

Dois anos atrás, Alessia disputava o torneio masculino italiano da Série B1, equivalente a uma terceira divisão.

O presidente da equipe, Gianni Sartri, disse em entrevista ao Corriere della Sera que a decisão do clube foi corajosa frente ao preconceito, mas baseada nas habilidades da atleta.

Alessia é uma mulher para o estado italiano e nós queremos evitar qualquer especulação, protegendo Alessia em todos os sentidos. Foi uma decisão corajosa, no entanto, movido apenas por razões técnicas, e estou feliz por ter tido o total apoio e as felicitações de Mauro Fabris, o presidente da Liga”.

Leia também: Ela superou o bullying e se tornou a primeira líder de torcida trans da sua escola

Alessia, que também é modelo, se juntou a sua nova equipe depois da antiga líbero, Simona Degortes, sofrer uma contusão.

“Aqui fazemos esporte para a paixão e pensamos apenas no bem da equipe. Nós tinhamos uma atleta lesionada e necessidade de encontrar um substituto forte. O empresário de Alessia fez a proposta e nos perguntou se não tinha problemas (por ela ser trans) e eu disse: ‘Claro que não’“, lembrou o presidente da equipe.

alessia-amerialessia-ameri-jogadora-italiana-transgenero-de-volei-1457353622959_615x300

PUBLICIDADE ANUNCIE

alessia-ameri-6-771345 Alessia-Mauri

via [HUFFPOST BRASIL] – Fotos: Divulgação – Massimo Paolone/LaPresse

PUBLICIDADE ANUNCIE

PUBLICIDADE ANUNCIE

Acessar

Resetar senha

Voltar para
Acessar