Homem empurra melhor amigo cadeirante através da trilha do Caminho de Santiago


2.2k shares Compartilhar Tweet WhatsApp

Justin Skeesuck e Patrick Gray foram melhores amigos durante a vida toda. Justin, aos 16 anos, sofreu um acidente de carro que provocou uma doença autoimune progressiva, que acabou paralisando seus braços, mãos e pernas. Mas ele nunca quis deixar que sua deficiência o impedisse de viver.

Certo dia, assistindo a um programa de TV sobre “El Camino de Santiago”, uma trilha espiritual de 800 quilômetros de extensão, algo diferente o despertou.

“Meu primeiro pensamento foi: ‘Imagina se isso é algo que eu poderia fazer em uma cadeira de rodas”.

amigos-camino-1

Animado com a ideia, mostrou o programa para sua esposa e seu melhor amigo, e o que ele disse? “Eu vou te empurrar”.

Os dois então se planejaram e partiram para sua jornada.

“O primeiro dia foi o mais infame, o mais físico, mental e espiritual desafio que eu alguma vez me deparei” disse Patrick. “Era assombrosamente difícil subir a montanha com a cadeira. Mas ninguém sabe realmente o que é capaz de fazer até que você se depara com um desafio difícil. Honestamente, foi alguma intervenção divina que nos deu força para continuar.”

amigos-camino-2

A viagem em dupla foi um sucesso naquele primeiro dia e muitos outros depois,parando em pequenas aldeias para comer e descansar quando possível. Eles viajaram através dos rios, da lama de 10 cm de espessura, subindo e descendo encostas que eram muito íngremes para Justin subir por conta própria. Em um ponto, Justin até teve que ser retirado de sua cadeira e ser transportado até uma montanha em uma tipoia. Patrick teria que retornar para pegar seus pertences e a cadeira, mas a dupla contou com a ajuda de estranhos para concluir a tarefa.

“Sabíamos que não havia como Justin e eu fazer isso (sozinhos)”, disse Patrick. “Tínhamos fé que as pessoas iriam aparecer e ajudar, e eles apareceram.” Ele observou que em um ponto de sua jornada, haviam 17 pessoas, ajudando-os e representando cerca de 10 países.

Finalmente, depois de 35 dias, eles completaram sua viagem, com suas esposas esperando por eles. No final, eles foram recebidos como heróis, onde havia centenas de colegas peregrinos, batendo palmas e tirando fotos.

“Não há nada mais gratificante do que sair para atingir um objetivo que tantas pessoas diziam ser impossível”, ele disse. “Foi muito humilde e verdadeiramente gratificante e surpreendente ser capaz de realizar algo que nos propusemos a fazer coletivamente.”

A aventura deles não acaba por aí. Eles conseguiram arrecadar fundos e fizeram de sua aventura um documentário!

amigos-camino-3

amigos-camino-4

amigos-camino-5

 

amigos-camino-6

amigos-camino-7

amigos-camino-8


Comentários no Facebook

Acessar

Resetar senha

Voltar para
Acessar
Escolher um formato
História
Lista