fbpx

Último garoto e treinador são retirados da caverna na Tailândia

O último garoto e o treinador do time de futebol amador ‘Javalis Selvagens’ foram retiradas da caverna na Tailândia.


último garoto treinador retirados caverna tailandia
PUBLICIDADE ANUNCIE

Você pode chamar de milagre divino ou de ciência pura, chame como quiser. O importante é que o último garoto e o treinador do time de futebol amador ‘Javalis Selvagens’ foram retirados da caverna de Tham Luan, parcialmente inundada, ao Norte da Tailândia.

Eles dois e outros 11 meninos estavam encurralados na caverna depois que foram surpreendidos por uma inundação, no dia 23 de junho. Entre a segunda-feira e o domingo, oito garotos tinham sido levados para o hospital da província de Chiang Rai, de acordo com a matéria publicada pelo site O GLOBO.

Os mergulhadores começaram a última etapa do resgate dos adolescentes de 11 a 16 anos e seu treinador na manhã desta terça-feira, por volta das 10h08 (hora local; às 00h08, no horário de Brasília). Mais cedo, três jovens cruzaram as galerias estreitas e repletas de água com os mergulhadores.

A Marinha tailandesa anunciou o desfecho da missão na sua página do Facebook. “Não temos certeza se é um milagre, ciência ou o que for. Todos os 13 javalis selvagens estão fora da caverna”, diz a postagem.

PUBLICIDADE ANUNCIE

O governador da província de Chiang Rai e coordenador da operação, Narongsak Osottanakorn, informou que um médico e três integrantes da Marinha da Tailândia faziam companhia ao grupo após ser localizado por dois mergulhadores britânicos.

Os oito primeiros garotos resgatados estão sendo cuidados em uma ala especial do hospital de Chiang Rai e apresentam um bom estado de saúde, disse à imprensa o secretário permanente do Ministério da Saúde, Jesada Chokedamrongsuk.

Eles foram submetidos a uma bateria de exames, como de sangue e raio-X. Dois deles apresentavam sintomas de pneumonia, mas receberam antibióticos e passam bem. O grupo permanece em quarentena, mas os familiares podem vê-los através das janelas de vidro da ala do hospital.

Os javalis selvagens ficarão em observação no hospital por pelo menos uma semana. Por isso, segundo os médicos, eles não poderão acompanhar a final da Copa do Mundo na Rússia, a convite da FIFA, no próximo domingo (15).

crédito da foto: Thai Navy Seal/Reuters

PUBLICIDADE ANUNCIE

PUBLICIDADE ANUNCIE

Acessar

Resetar senha

Voltar para
Acessar